[01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Breanna "Bree" Morgan em Qua Abr 12, 2017 11:16 am

Ué....
 
Quer que eu coloque meu chapéu na cara e relinche mau humor Vic?
 
Tsc....Vamos ver se o velho bonitão tem algo no meio destas quinquilharias provavelmente alguma passagem secreta ou algum patua, vai saber.
 
Esta idéia da família feliz me irrita.
 
Fato.
 
Não dá pra ter uma família feliz estando envolvido com o que estamos, talvez por isto eu e o índio bonitão estejamos aqui agora.
 
Porque este infeliz tentou fazer o impossível e envolveu a pobre filha no meio da merda toda.
 
IMBECIL.
 
Entende agora Jay? BURRO.
 
E então ele dirige a palavra pra Bree que apenas da um sorriso de canto, ainda mais quando ele fala sobre o cheque.
 
- Dois cheques meu amor, pra aguentar o mau humor e a falta de calor humano deste cara aí, eu preciso de dois cheques.
 
Bree fitou Vic de canto de olhos e mandou um beijo pra ele.
 
- Sem ofensas...
 
Bree apenas acompanhou com os olhos o movimento de ambos, e logo o velho começa a a falar.
 
Bla Bla minha filha, bla bla minha família.
 
Sempre falando em códigos, frases montadas, era como ler a poha de um livro de frases prontas.
 
Logo o velho se mexia e começava a pegar algo no porta retrato, e então ele se  revelava.
 
Bree entreabia os lábios e arqueava a sobrancelha, em nítida expressão de espanto.
 
- Puta que pariu, vou receber um cheque do Colt....
 
Porque até o momento o cheque é o que importa, certo?
 
- Este cheque vai ser aceito no mundo dos vivos meu querido? Porque acho que até então acham que você morreu, ou foi pro céu ou está pairando no inferno, enfim, tanto faz....
 
Mas lá estava ele falando da filha de novo, sobre ela estar assombrada, e Bree já suspirou fundo e girou o corpo na sala, levando as mãos a cabeça, impaciente.
 
- OK. Sr Colt, Sr Lenda, Sr Fodão, eu não estou mais afim deste papo, me dá minha parte e depois você pode matar o Garoto Enxaqueca de Tédio....
 
Mas ele dizia de um conhecido em comum, e Bree logo tombou o rosto pro lado, o olhar foi de canto a foto da família feliz de Colt sobre a mesa e ela parou alguns segundos ali.
 
Imovel.
 
Era como se nem respirasse.
 
O olhar perdia aquele brilho e ficava baixo.
 
Ela simplesmente parecia se desligar de tudo e de todos.
 
Estar em outro mundo.
 
Talvez ela tivesse sido tragada para outro mundo.
 
Escuro.
Frio
Vazio.
 
E foram segundos, que os dedos se moverem em um leve espasmo, até que de súbito a garota praticamente voou na direção de Colt, ou quem quer que seja.
 
Uma da mãos ia a gola da camisa dele, segurando com força e a outra apanhava a foto na mesa.
 
- Escuta! Eu quero que se foda, você e sua família e qualquer merda de gêmeas e irmã, e pecados que você tenha cometido e queira empurrar pra cima de mim! FODA-SE!
 
Bree batia a foto na mesa com força, e dava para ver as veias do corpo dela saltarem de tanta raiva.
 
- O que diabos a pessoa que você se refere tem a ver com esta merda toda? ACABOU os códigos homem! Abra a boca e fale comigo de modo que eu entenda e não me jogue mais merda em cima de mim ou eu vou fazer você come-la!
 
Awnn...bem....
 
Bree é conhecida pelo comportamento extrovertido e sensual.
 
Mas acima disto.
 
Por este outro aí.
 
Surtos.
 
De ira.
 

Inconsequentes e quando não suicidas.
avatar
Breanna "Bree" Morgan

Mensagens : 11
Data de inscrição : 23/11/2016
Cargo : Recém-Chegada perdida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Admin em Qua Abr 12, 2017 12:58 pm

VICTOR e BREE:
----------

Se você se acha inexpressivo Xerife... A "lenda viva" na sua frente sequer olha em sua direção, parecendo ao contrário de você pouco incomodo.

Na verdade, você facilmente pode observar mais...O olhar dele é vazio, cansado, desfocado. Algo comum um caçadores com passado, as vezes bem familiar no espelho.

Mas o dele, parecer ter o mundo nas costas.

Talvez por isso ao ouvir o seu "resumo" ele olha para você no que mais parece uma cena de Western. Quando começa a se perguntar se você teria uma visão privilegiada da lendária Colt, tudo que ele faz no entanto é levar a bebida até a boca.

- Eu...Poderia dizer que a Colt não esta comigo a um bom tempo, e poderia dar uma série de desculpas inuteis Victor...Mas não seriam mais do que isso. Desculpas. Eu carrego o meu fardo...Da minha própria maneira patética. Se quiser detalhes eu tenho aos montes, mas se o que soube é verdade... Você só quer encontrar Blair.

Não havia sarcasmo Victor.

Nem raiva. Nem ressentimento.

Só um vazio.

E uma rara objetividade de alguém.

Era quando Bree agia, ou reagia daquela forma.

Você ja pegou mochilas que resistiram mais do que ele garota. Ele não oferece resistência nenhuma. Sequer parece surpreso, em meio a aquele olhar opaco, apenas uma respirada lenta e devagar.

Como ameaçar, ou fazer mal a alguem que ja desistiu, ou apenas vive Bree?

- Srta, Morgan... Você sabe como são caçadores. A unica coisa certa, constante, que preenche o vazio é a caçada. Simples, fácil. Não o que você, e talvez Victor estão fazendo agora? Ele esta fazendo o que fazem, caçando

Era verdade, admitam ou não.

Beber para esquecer, caçar para esquecer?

- Objetivamente? Nada. Ele é um caçador sem rumo procurando o que caçar Breanna. Ele quer preencher um vazio dentro dele que não pode preencher...E isso eventualmente vai cobrar seu preço. Eu apenas estou tentando avisa-la, caso queira fazer algo a respeito, mas não tenho nenhum envolvimento além disso.

Ou você pode apenas pegar seu cheque e ir embora. Afinal o que seu ex importa?

O quão mais que um cheque em branco?

E ele fazia menção em tocar em seus dedos, e a vontade de esgana-lo parecia quase que desaparecer, ou você perder o interesse ou algo do tipo.

Como se o alce desse a arma para você atirar nele Bree. Perde a graça sabe?

Ou talvez... Apenas precise de espaço para prosseguir.

Voltava-se agora para Victor.

- É bem simples na verdade: Eu não posso salva-la Victor. Não é pela Colt, não é porque sou o fracassado aqui diante de vocês. É porque. NÃO. POSSO.

As ultimas palavras não eram gritadas, mas sim ditas com força. O copo não quebrava, mas trincava em varios pontos como um espelho nos dedos de "Colt", ainda inteiro.

Não era força Victor. Era outra coisa.

- A décadas atrás, após uma série de confrontos eu e Azazel chegamos em um impasse. Ele sabia que eu o caçaria até os confins da Terra, então engoliu seu orgulho e usou uma maldição que me impede de dete-lo. Como contrapartida, ele não pode me matar. O que não serve de muito...

Um suspiro estendido, pesado

- Existem outras formas de se "ferir" alguém contudo: Azazel foi até Blair quando pequena, e a..."maculou" com seu sangue. Um ultimo jogo, uma última dança: A vida de minha filha, ou ele mataria a todos ao meu redor, ja que como disse,  não posso ser morto por ele.

O homem levantava-se caminhando até a janela que não era muito longe. - Como você lida com suas derrotas pessoais Victor? Assume que não a o que fazer, engolindo seu orgulho e fracassa, ou esgota as possibilidades: E quando isso acontece arrisca em um ultimo plano, que apesar de quase nulo, pode dar resultado e salvar a humanidade até a próxima semana?

O copo vazio, que por alguma razão ele deixava cair na lixeira.

- Eu não podia entregar o que se tornaria "Um ser de pura destruição" na mão do meu maior inimigo. Mas eu não poderia sacrificar toda minha família e dar a ele a vitória da mesma forma. Demônios barganham, demônios negociam...Me diga Victor, com base no que passou, viu, no que sabe. O que acha que fiz?

Uma filha morta presa no limbo. A outra filha.

Faltam detalhes Victor, mas você sabe a resposta.

Não é difícil imaginar que algo deu errado.

Algo sempre da errado.

Sarah morta. Blair Viva. A porcaria do mundo salvo.

Um caçador que pagou o preço e engole a sua maneira.

Como ele pode se importar com o que você pensa Victor?

Porquê dane-se...Você e a porcaria do mundo salvo.

Sempre tem um preço salgado esse trabalho.

Seja uma filha ou um pai perdido.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 134
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Allison Reynolds em Sex Abr 14, 2017 6:07 pm

Por favor Chanel, esperneie mais sobre o fato dos seguranças estarem aqui. Dean, se sua parceira quiser usar a autoridade de segurança do campus e o uso da força para conter essa retardada, ninguém aqui vai se opor.

Claro, o que ela fala é bem plausível. Os "invejosos". Ou melhor, as "inimigas". Claro, eu até me esqueço de como toda adolescente popular é um Power Ranger com um arqui-inimigo em potencial.

Dean também seguia com a encenação de que não se conheciam e pedia para as garotas o levarem até o local onde Emily sumiu.

- Bem, na verdade a garota sumiu aqui. As "colegas" dela tinham a intenção de pregar uma peça saudável nela e trancá-la no freezer, mas parece que a coisa saiu do controle. E quando não sai? - dava ao policial um leve sorriso, porque apesar de tudo, ela estava bem feliz de ver que você não tinha simplesmente ido embora, Dean.

Aproveitando-se do fato da parceira de Dean estar mais preocupada em questionar Anne (desculpa, Ann!) Allie aproveita para se aproximar de Dean e conversar com ele sem ser ouvida, num tom de voz mais baixo.

- Estão atacando as garotas, Dean. Não sei se é um assassino comum ou... Algo. Mataram uma das garotas e as outras simplesmente levaram o corpo até o freezer. Nada parece fazer muito sentido aqui, talvez seja melhor darmos uma olhada onde deixaram a garota. De qualquer forma, é bom te ver de novo, mestre Yoda. - falava a última frase sorrindo, e era sincera. Se preparava para guiar Dean até...

A sim. O grito, e a motosserra.



*suspiro*

Tem a opção de "ficar aqui"?

É... Imaginei que não.

Considerando onde estamos o grito pode ter sido por causa de um lobisomem, um assassino com um machado ou uma barata. São muitas opções.

E a motosserra...  bom, não custa perguntar, custa?

- Costumam fazer serviços de jardineiro aqui por essas horas? - perguntava de uma maneira irônica para a parceira de Dean.

Vai que.

Como Allie estava ansiosa para sair daquele antro de cobras seu primeiro instinto é ir na direção de onde está o barulho da motosserra. Ao menos é lá fora. Todo esse cheiro de Angel do Thierry Mugler já está me deixando zonza, mesmo.

Deveriam se separar, para ver o que aconteceu.

- Bom, eu vou até lá fora ver o que é esse barulho. Talvez... Um de vocês - Falava com Dean e Darlene, mas aí era realmente escolha deles - poderia vir comigo enquanto Anne e o outro vão ver o que houve lá dentro. - obviamente Darlene acharia estranho Allie e Anne estaremde prontidão e tão interessadas em investigar, mas no calor do momento aquilo realmente não importava muito. Talvez fosse apenas uma universitária com síndrome de Nancy Drew.

O fato é que não havia muito tempo então Allie apenas seguiria em direção ao som da motosserra, esperando que Dean ou Darlene a seguisse.

E sabendo que provavelmente acabaria com o disfarce antes do esperado.

Quem se importa?
avatar
Allison Reynolds

Mensagens : 98
Data de inscrição : 25/03/2015
Cargo : Paranoica em desenvolvimento

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Dean Hartigan em Sab Abr 15, 2017 10:46 am

Dean seguia com as meninas enquanto cochichava com elas. Sorriu quando Anne disse elas tinham mais que um dedo podre. Talvez até os dos pés mesmo.

Respondeu às duas sobre a suspeita de Allison.

Dean: Não sei se chamaria isso de um "assassino normal", Allie. Eu estou meio que na cola de alguém que pode ser o responsável por tudo isso e ele tem os estranhos hábitos de conseguir desaparecer a olho nu e de sempre saber pra onde estou olhando.

Assustador? Espero que não.... vocês já viram coisas piores.

Dean: Vocês não teriam visto por aí um cara com máscara de demônio, zanzando por aí, não é?

Pergunta retórica... duvidava que já tivessem visto. Até porque... podia ser coisa da sua cabeça.

Dean: Também é bom ver vocês, Allie... principalmente só vocês duas.

Então, o grito. O grupo encontra uma motosserra, mas ela não parece suja de sangue, ou nada. Talvez a mulherada só esteja com os ânimos aflorados. Dean não pode deixar de ter a reação natural e levar a mão ao coldre. Allie sugere ir ver o que foi o barulho, enquanto o resto investiga a motosserra... não é má ideia e eu não posso deixá-la ir sozinha... muito menos mandar a Darlene com ela.

Dean: Eu vou com você. Darlene, você fica aqui com o resto e qualquer coisa, me avise pelo rádio.

Não falou nada para Anne, pois isso quebraria o disfarce dela, mas ela sabia o que fazer.

Saía com Allie... Colocava a arma na mão e já a engatilhava.

Dean: Que bom... eu já tava doido pra atirarem algo e minha primeira opção era a loirinha nojenta.
avatar
Dean Hartigan

Mensagens : 58
Data de inscrição : 30/07/2015
Cargo : Personal Stalker

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Admin em Sab Abr 22, 2017 5:02 pm

ANNE
-----

Se você achava que sua explicação ia ajudar Anne...

- E então...Logo depois que você volta, isso tudo acontece? Eu sei quem você é. E onde costumava a trabalhar. SUSPEITO!

Ela aponta para você e para os próprios olhos. Alguem ja tem uma suspeira Anne.

Mas vocês não tem todo o tempo do mundo para ficar debatendo logo que um grito faz Alisson e Dean correrem e investigar a motosserra.

As deixando com quem Anne? Quem?

- Eu dou as ordens aqui! Todas! Fiquem aqui!

Diz a segurança do campus repetindo exatamente o que você disse.

Lembre de agradecer a Alisson depois.

Bem, mas felizmente como você ja sabe aguentar todas aquelas garotas não é facil, e você consegue dar uma "escapadinha" para ver de onde veio aquele grito, e sai abrindo uma ou duas portas naquela direção a medida que tudo vai ficando menos rosa...E você acredita ter encontrado de onde veio isso:



Lembrou de trazer uma lanterna Anne?


ALISSON e DEAN:
---------------

Deixou a melhor amiga e trouxe seu "mestre"?

Ok, a escolha é sua.

Talvez fosse meio tarde para ficar brincando de Jardineiro por ai.

Mas vocês sabem como são os filmes de terror, e essa arma seria um tanto...Óbvia demais.



Talvez alguém não se importe em ser óbvio.

Apesar de Dean ter uma idéia de quem se trata, parece meio...Escuro de onde vocês estão.

Quem vai chegar um pouco mais perto?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 134
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Dean Hartigan em Dom Abr 23, 2017 11:04 am

Saindo pela porta da casa, Dean toma a dianteira. A arma para baixo, segura com as duas mãos como um bom policial sempre faz... acidentes acontecem e é melhor que eles ocorram com a perna do que com a cabeça.

O bom era saber que Allie já estava mais tarimbada em relação ao que enfrentavam e nunca faria algo estúpido como se desesperar e correr, pelo contrário: ela era perfeitamente capaz de ajudar.

Foi então que a dupla avistou no escuro alguém usando roupas estranhas e uma serra elétrica, vindo na direção do casal.

Dean apontou a arma e deu a ordem para que parasse.

Dean: Você com a serra elétrica! Desligue a serra e coloque as mãos na cabeça!

Qualquer pessoa assistindo a um filme de terror pensaria "nossa! que estúpido! Atira logo!" Mas não é assim que funciona. Nada impede que ali seja um garoto querendo pregar um susto nas garotas. Assassinar um desses filhinhos de papai é tudo o que eu não preciso no momento.

Se a pessoa não fizesse o que ele mandou, ele daria um último aviso.

Dean: Eu não vou mandar de novo! Desligue a serra, coloque ela no chão e ajoelhe, com as mãos na cabeça!

Se mesmo assim a pessoa não cumprisse, era hora de agir. Um tiro ou dois no meio da serra, em sua caixa de máquinas deveria fazer o serviço. Além do barulho e do solavanco, as balas deveriam ser o suficiente para desligar o motor da serra elétrica.

Entretanto, se mesmo assim a pessoa não demonstrasse qualquer reação, como um zumbi ou robô, um tiro no pé teria de ter algum efeito...
avatar
Dean Hartigan

Mensagens : 58
Data de inscrição : 30/07/2015
Cargo : Personal Stalker

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Allison Reynolds em Dom Abr 23, 2017 4:53 pm

Saindo com Dean para ir até onde ouviram o barulho, Allison não pode deixar de sorrir com o comentário dele sobre a vontade de atirar na Chanel-vaca mor.

- Não faz ideia de como eu pensei nisso nas últimas horas, Yoda. - falava já desabotoando um dos botões da camisa, e sacando a arma que estava no coldre ali. A mesma arma que você deu para ela, Dean. Não se importando em arrumar a roupa depois.- É bom poder ser eu de novo.

E era bom mesmo, fodam-se os tempos de faculdade.

Logo encontravam de onde vinha o barulho, era um cara estranho, que se aproximava deles. Enquanto Dean dava a ordem para que ele parasse, Allie cerrava os olhos, tentando enxergar melhor a figura, no escuro em que estavam.

- Eu acho... que é o cara que você descreveu, Dean. - falava baixo com o policial, sem tirar os olhos da figura, e também com a arma apontada na direção dele.

Esperava para ver como ele iria reagir, afinal ele estava com uma motosserra e Allie e Dean armados, o que daria tempo para eles encherem o infeliz de chumbo antes dele conseguir se aproximar.

Mas então Allie lembrou-se das palavras do policial sobre não ser um assassino comum, e desaparecer?

Bom, se fosse assim como ele descrevera, talvez não fosse tão fácil como pensava. Talvez eles estivessem fodidos.

Mas não podia fazer nada além de aguardar a reação do cara da motosserra e se manter bem próxima a Dean naquele momento. Lado a lado, seria mais difícil para serem pegos de surpresa.
avatar
Allison Reynolds

Mensagens : 98
Data de inscrição : 25/03/2015
Cargo : Paranoica em desenvolvimento

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Annelisa Deveraux em Qua Abr 26, 2017 1:50 pm

Nããããão, Allie... A Darlene resolveu desconfiar justo da sua amiga! Só dela, a diferentona. Annelisa encarava Dean e Allison, quase que num pedido silencioso por ajuda, mas não era bem o seu pescoço que estava próximo da forca no momento... isto é, dependendo do ponto que se escolhe para analisar.

- Nós fomos convidadas e também estúpidas por aceitar!

Anne arregalou os olhos diante das insinuações... Só porque estagiava num necrotério NÃO SIGNIFICA que tenha participação com a estadia deles por lá, humpf.

De toda a forma, Allie era a primeira a falar sobre a divisão, deixando no ar de quem iria com quem, além de possivelmente levantar mais dúvidas sobre a participação de ambas nessa situação. Problemas futuros? Provável, mas agora não tinham muitas escolhas ou maneiras de seguir com o disfarce. Sem esperá-los decidir, a tatuada seguiu na frente... sendo acompanhada, quase em seguida, por Dean. Apesar de não se mostrar animada em trabalhar com Darlene, acreditava ser o mais sensato.

Aliás... trabalhar?

Até parece.

Na primeira oportunidade que conseguisse, ela daria uma volta na segurança, mesmo que isso gerasse maiores questionamentos.

Sentia os olhares de Darlene divididos entre ela e o grupo histérico e arrogante de garotas, que ironicamente, forneceu a chance para Anne fugir da confusão e se enfiar numa diferente e menos torturante do que ficar na sala cheia de patricinhas. Quando a mulher foi interferir no início de uma discussão mais acalorada, Annelisa retrocedeu até alcançar a direção que viera o grito, virando num corredor distante e que fugia do “tom”. Ela arqueou as sobrancelhas e lançou uma última olhada para trás, tendo a certeza que ninguém a seguiu. Caminhava devagar e o mais silenciosa possível até a porta entreaberta...

Não, ela não tem uma lanterna.

Mas nada que o celular não desse um jeitinho.

Pegou o aparelho no bolso e ativou o flash da câmera. E da bota esquerda, puxou a arma, mantendo-a rente ao corpo e o dedo beirando o gatilho.

Portas...

Como adorava portas...


Enfim, empurrou-a o bastante para que pudesse passar e sempre de modo lento e cuidadoso, invadia o interior, mirando vários pontos com a luz improvisada.

O único barulho no ambiente era o da respiração de Annelisa.

Existiam uma quantidade considerável de hipóteses... e a mais óbvia seria a de uma garota que foi encurralada e gritava por socorro, porém...

Nenhum cenário é tão certo para se colocar as mãos no fogo.
avatar
Annelisa Deveraux

Mensagens : 91
Data de inscrição : 25/03/2015
Idade : 20
Cargo : Espécie Desconhecida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Waya Victor Ka-e-te-nay em Qui Abr 27, 2017 10:58 pm

Victor cerrava o olhar.

Aquela resposta não era boa o bastante.

Nem de perto.

Suspirou longa e ruidosamente, não escondendo seu descontentamento.

Mas então Bree explodia, fazendo Victor arregalar os olhos e dar um leve sobressalto, afinal aquele rompante era repentino demais.

E o deixou que ele acontecesse… Ao menos até que ela explodisse e colocasse pra fora o que precisava.

Logo levantou-se e aproximou-se da dupla, sem hesitar, levou a mão até uma das mãos de Bree, a que segurava Colt pelo colarinho, enquanto a outra a puxava, com até certa delicadeza, pela cintura.

Como estava de frente para a lateral do corpo de Bree, o puxão não tinha uma conotação sensual… Desculpa, Bree.

Parecia querer apenas te conter… Aquele puto tinha informações boas demais para já sair sendo jogado na frigideira.

- Se acalma, Bree… Vamos tirar respostas dele… - Vamos?

Era mais um vou, é claro. Mas… Com tanto que você se acalmasse e me desse chances de ouvir o que eu queria, já era ótimo.

Afinal, no momento, não me importo tanto assim com a pessoa que você conhece.

Logo Colt continuava com as explicações.

Um caçador que Bree conhecia? Um parente? Um parceiro? Namorado?

Aquilo realmente não era importante.

E então, finalmente, ele explicava.

E a explicação fazia Victor soltar sua mão, Bree… Assim como sua cintura.

A falta de expressão só demonstrava perplexidade.

Eu tinha entendido certo?

- A irmã gêmea… Você usou ela? - Victor recuava um passo, passando a mão pelo rosto.

Ele sacrificou a irmã? Era isso?

- Eu… Eu morri. Há algum tempo… Alguns pulguentos aprontaram pra mim. Fui para uma espécie de limbo… Parecia ser um ponto de transição. Para o inferno, imagino… Dizem que existe paraíso, mas… - Ele dava de ombros. Você já viu um anjo? Nem eu.

Agora demônios? Bom, sou especialista no assunto e eles são bem reais.

Como nunca vi um penoso por aí, não posso afirmar que existam, certo?

- De qualquer modo, isso não importa… O que importa é que ela estava lá, Jonathan. A irmã gêmea de Blair… - Victor logo recuava, dando as costas para os dois - E ela me ajudou a voltar… Como ela foi parar lá? E como posso deter Azazel? Ele visitou nós dois hoje, pela manhã… Matou alguns amigos… - Vagarosamente enfiou as mãos nos bolsos, e amassou a página do diário. Ainda não.

Logo voltou a olhar para Colt e Bree.

- Sim. Eu quero salvar Blair… - Devo isso a irmã dela.

E a ela. Eu prometi que a ajudaria.
avatar
Waya Victor Ka-e-te-nay

Mensagens : 84
Data de inscrição : 26/03/2015
Idade : 26
Cargo : Lobo quase Solitário

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Breanna "Bree" Morgan em Seg Maio 08, 2017 1:39 pm

Bree mantinha os olhos fixos em Colt, e o fato dele oferecer ou não resistência não parecia fazer a mínima diferença para a garota, ela o segurava com aquela mesma força, e os olhos inflavam em cólera, era como se ela pudesse enforca-lo a qualquer segundo.
 
Bree não funcionava como a maioria das pessoas, então manter a guarda baixa perto dela não era uma boa ideia, ou contar que ela teria clareza para reconhecer que Colt não era uma ameaça.
 
E as palavras dele pareciam não trazer nenhuma mudança na garota. E então sentiu o toque de Victor a sua mão que segurava o colarinho de Colt, e Victor pode sentir a mão da garota segurar ainda mais forte o colarinho, enquanto o olhar não deixou o de Colt, o toque a cintura não a moveu nem um centímetro, Victor teria que ser mais convincente.
 
E então Victor falava em um tom que fazia Bree “despertar”, ela recuou o rosto de perto do de Colt, e soltou o colarinho dele, recuando o corpo pra trás sem tirar os olhos de Colt, e então sussurrou.
 
- Certo....
 
E então Colt abria o jogo sobre o que realmente tinha feito, o que deixava Victor perplexo, e Bree simplesmente parecia não se importar com nada daquilo.
 
Mas porque diabos Dean se importava? Que merda ele ia meter o bedelho nesta história toda?
 
E então Victor revelava que havia morrido, que tinha ido ao limpo, que a irmã gêmea de Blair estava la, e que tinha ajudado ele e Bree apenas arqueou a sobrancelha para Victor, porque ele soava bem maluco, apesar de todos as maluquices que Bree já tinha passado.
 
A conclusão dele era a que Colt queria ouvir, era obvio que ele queria salvar a filha numero 1 que não tinha ido pro inferno e que não podia.
 
E que agora ganhava dois caçadores motivados a tal.
 
Não importava os motivos.
 
Mas sim o resultado.
 
Alguém ia fazer o trabalho sujo.
 
Bree não falava mais nada, apenas puxava uma cadeira e jogava o corpo nela, sem se preocupar muito em sentar feito uma menina, e por fim cruzou os braços, encarando Victor e Colt.
 
- Pelo visto...tenho muito mais a ouvir do que falar. E mesmo que indiretamente estou metida nesta bosta toda....
 
O olhar foi de canto a Victor.
 
- Então NÓS vamos resolver, "papa-capim"....
 
Bree jogava as pernas ao ar, apoiando os pés em cima da mesa de Colt, e então sorria de leve ao homem.
 

- Pode começar a miar meu querido....
avatar
Breanna "Bree" Morgan

Mensagens : 11
Data de inscrição : 23/11/2016
Cargo : Recém-Chegada perdida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Admin em Ter Maio 09, 2017 2:50 pm

VICTOR E BREE:
--------------

Engraçado...Ele esta sendo prático, e vocês se irritariam com muitos detalhes.

E mesmo assim, isso incomoda, frustra. Bree então que o diga.

Você não se importa, ele não se importa. Que legal não Bree?

Mas você se importa com algo, ou não estaria ali fazendo aquilo...

E você mesmo não se importando, não entende quando alguem faz o mesmo.

Você finge não ter nada a perder Bree, ele não tem.

Bem vinda ao estagio final do que busca. Seu bom humor não vai durar para sempre.

Alias, ele foi pelo ralo agora não?

Bravo Victor. Realmente, não é importante. Alias, "Colt" demonstra isso quase que o tempo todo.

Entretanto, ao falar em "Sarah" as coisas mudam brevemente: Não na sua pergunta mas o que vem a seguir ele parece direcionar um olhar para você. Como antes, difícil saber se ele sabia ou não disso, mas ele realmente presta atenção. Talvez de quase um sorriso, antes de voltar a falar - Sempre tem algo novo que não entendemos certo?

Você não precisa responder para ele Victor, ambos, todos os 3 sabem.

Sempre.

- Não é ele. - Colt falava com uma voz calma, mas forte. - Sim...Ele pode ter matado, e lamento pelos seus amigos mas...Ele foi "atraido" pelo real culpado. Quando você caça algo por décadas, sabe muito bem quando tem algo errado, e tem. Estão imitando o jogo dele, querem que eu acredite que é ele e isso o irritou, por isso ele apareceu.

Mais uma vez Victor: Seu caminho não é ele.

- Eu sei onde...Quem quer que seja levou Blair, mas apostaria o que me resta de vida que não é Azazel. Alguém quer que pareça assim...Não se sinta culpado Victor. Ele quase me enganou...Mas eles tem Blair, e é tudo que importa. Dean foi para la por ironia do destino Bree, caso errado, lugar errado. Eu não sei o que vão encontrar mas...

Sim vocês.

Ele não vai.

Mas da todo tipo de informação e resposta.

Após as perguntas e respostas finais, pé na estrada.

Afinal Bree...Ele esta na sua frente, isso se estiver vivo ainda.

E Victor...Blair não tem muito tempo.

Alerta de Spoiler.

DEAN E ALISSON:
--------------

Eu entendo Dean agir assim Alisson...Mas Você?

Então ta.

Talvez a fantasia não fosse a coisa mais intimidadora da Terra, mas o fato dela ocultar completamente quem quer que fosse é bem longe de ser agradável. Em um movimento Beeeeeeeem lento Dean ele...Parece desligar a motoserra. Bem, essa ninguem esperava.

Assim como a próxima.

Passos lentos atras de vocês ecoando pelo asfalto fazem vocês olhar.

E a visão é...Digamos, confusa.



Ops.

Isso faz o primeiro ligar a motosserra novamente.

Bem, vocês não tem muito para onde correr.

Mas podem sempre tentar o lance de "parados" de novo.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 134
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Allison Reynolds em Ter Maio 09, 2017 11:15 pm

Não esperava o que? Que eu fosse prudente antes de atirar em alguém, dado o ambiente em que estamos, que torna perfeitamente plausível um idiota sair com essa fantasia e uma motosserra porque achou "engraçado"?

Vai por mim, eu conheço esse local o suficiente pra saber que não é nada aconselhável usar a tática de atirar primeiro e perguntar depois que o Vic havia ensinado.

Ainda mais se a roupa do cara me lembra o Ele das Meninas Superpoderosas. Sorry.

Logo o sujeito desliga a motosserra o que dá a entender que eles fizeram a escolha certa. Até que... ouvem passos atrás deles, e logo notaram que atrás dele estava um sujeito com a fantasia idêntica, este armado com uma faca.

Ok, hora de parar de ser boazinha, foda-se se são uns babacas da faculdade, pelo menos não vão poder dizer que não avisamos. Agora é com a gente, Dean.

Estavam cercados, mais definitivamente estavam bem longe de estarem indefesos. Não era muito inteligente atacar duas pessoas armadas dessa forma, o que fez Allie pensar que provavelmente eles tinham algum outro truque na manga. E manter-se atenta. Como estavam cercados,logo ela se posicionou de costas para Dean. Ela cobriria o policial e confiava que ele faria o mesmo por ela.

O primeiro cara liga novamente a motosserra, Allie resolve dar um jeito no capiroto que está com a faca, assim eles poderiam se focar no que representava a maior ameaça, aparentemente. Sem hesitar muito, a tatuada ergue a pistola, mira e atira no braço com que ele segurava a faca.

Sentia o coice da arma que ganhou de presente de Dean e o cheiro tão característico da pólvora, a ex-stripper havia treinado tanto com ela que até mesmo essas coisas se tornavam familiares.

Indiscutivelmente o treinamento com Dean e tudo que a tatuada passou até aqui fizeram com que Allie tivesse muito mais segurança em seus movimentos, em atirar, e em enfrentar aqueles dois sujeitos com máscaras.
avatar
Allison Reynolds

Mensagens : 98
Data de inscrição : 25/03/2015
Cargo : Paranoica em desenvolvimento

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Dean Hartigan em Qua Maio 10, 2017 12:48 am

Sim... ele havia feito a escolha certa. Desligava a motosserra e vinha a passos lentos pra cima deles.

Só que o problema era que Dean não havia pedido para ele desligar a motosserra... ele mandou o cara ajoelhar e colocar as mãos atrás da cabeça, coisa que claramente ele não obedeceu.

O cara continuava a andar e Allie logo foi para as costas do policial para cobrí-lo, visto que um outro cara com fantasia de demônio chegava por trás.

Dean: Eu mandei você colocar as mãos... ah, foda-se!

BLAM!!!!

Um tiro bem na canela esquerda do da motosserra, para quebrar o osso. Dean estava cansado de pedir e, havia sempre a grande possibilidade de que algo sobrenatural estivesse acontecendo ali.

Se o cara não demonstrasse qualquer reação natural, como gritar de dor, se abaixar pra segurar a canela ou rolar no chão... Dean ia dar um tiro no peito e outro no meio da testa do sujeito. Era simples: ou mostrava que era um humano fazendo uma brincadeira, ou iria amanhecer com a boca cheia de formigas.
avatar
Dean Hartigan

Mensagens : 58
Data de inscrição : 30/07/2015
Cargo : Personal Stalker

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Admin em Qua Maio 10, 2017 7:29 pm

ANNE:
-------

Darlene vai ficar de olho bem aberto, e te acusar até se começar a chover Anne, mas não é algo para pensarmos agora.

Alguém gosta de portas? Sabe o que dizem? O problema não são as portas em si, mas o que se esconde dentro delas.

E sequer encarando os fatos: Você esta sozinha Anne.

Mas porque faze-la parar de sair por ai bancando a enxerida? Cada um com sua especialidade. Enquanto Dean e Alisson encaram, literalmente o diabo la fora você explora a escuridão com seu celular. Os seus passos fazem companhia a suas respiração lenta, andando lentamente em direção a escuridão até que finalmente encontra algo...



Anne...Talvez seja sua antiga profissão, talvez ainda seja sua NOVA profissão, mas precisa mais do que uma banheira cheia de sangue para uma reação de pavor...

- Agora que você sabe, eu vou ter que matar você.




A figura de Channel Oberin, essa sim lhe assustando parece tão impressionada quanto você.

E logo ela...Sorri sarcástica e suspira fundo.

É, deve ter sido uma piada.

- Aqui estão escondidos os mais profundos segredos da Fraternidade...Essa banheira. Houve um crime a muito tempo aqui. Uma garota morreu nela. Você é a primeira "Não Kappa" a saber noiva cadáver.

Channel aponta com a cabeça para a "ponta" oposta da banheira, mostrando manchas antigas de sangue.

Entretanto, essa história vai demorar mais um pouco.

- Acho que Emily deve ter ficado BEM zangada...Bem, eu prefiro ter alguém para derrubar na frente dela se a encontrarmos. vamos, vamos.

E saia, tão metida quanto você esperando ser seguida até uma outra porta entreaberta.

Porque você sempre faz novas amigas na ausência de Alisson?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 134
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Annelisa Deveraux em Seg Maio 15, 2017 12:07 am

Um passo aqui, e outro ali.

Era assim que ela seguia.

Todo aquele silêncio gritava em seus ouvidos porque o cenário, ao todo, parecia digno dos clichês encontrados nos filmes de terror adolescente. Conforme iluminava as extremidades do cômodo, a angústia dobrava de tamanho, o que não era o mais aconselhável. Caçadores deveriam saber administrar emoções, algo que certamente não era o caso da loura. E agora, sozinha, precisava ter a atenção redobrada porque não havia ninguém para proteger a sua retaguarda. Anne suspirou baixinho no exato instante que o flash focalizava uma banheira.

Cheia de sangue.

Não foi pavor, mas sim surpresa, ao ponto de fazê-la interromper os passos e pender a cabeça para o lado, como se fizesse uma análise mais minuciosa.

Sangue, corpos, órgãos... Não era o tipo de elementos que causariam nojo ou medo em Annelisa, mas tudo, convenhamos, depende do contexto.

E nada melhor do que uma voz esganiçada para alimentar o episódio e a tensão.

Quando iluminou o rosto de Chanel, ela quase revirou os olhos, porém não era o momento para qualquer vacilo. Ainda mais depois de uma ameaça bastante clara. Pela expressão da menina, não esperava o aparecimento de alguém, ou talvez fosse outra mentira, porque uma coisa que essa garota pode ser chamada é de MENTIROSA, falsiane. Em resposta, Anne apenas estreitou a fitada. E independente da vontade de encarar a direção indicada por Chanel, ela não o faz, mantendo as duas íris castanhas fixas na figura subitamente sombria da Kappa. Noiva cadáver? Era cada apelido carinhoso que chegava a comovê-la...

- Desculpe se não me sinto honrada.

Que estresse, sério.

Provavelmente o ambiente não ajudava, considerando toda a carga... Nem gostava daquelas insuportáveis.

- Ela não é a única... – murmurou à medida que caminhava até a banheira depois de Chanel sair desfilando – Ok...

Sangue recente, marcas antigas... anotado, pronto.

Se essa banheira falasse, facilitaria o serviço, porém – infelizmente – só restava acompanhar a srta. Oberin.

- Pode parecer uma observação bem estúpida, mas eu tenho uma arma e posso usá-la em você, sabia? E... ela está aqui, na minha mão... – comentou de forma casual enquanto aproximava-se dela depois de passar pela nova porta – Só achei importante mencionar, mas continue, Chanel... Você, aparentemente, possui algo mais interessante para dizer.

Afinal, Anne adora uma lenda urbana.

- Não só na banheira, né? Ou esqueceu da sua “irmãzinha” que acabaram de colocar dentro do freezer? Estou cheia dessa porcaria de suspense. Cadê a Emily?

Vítima, suspeita... Não importa.

Não era uma boa hora para ficar desaparecida.

Agora, sobre amizades...

Qual a surpresa? Annelisa era um verdadeiro imã.

Estranho mesmo era o diabo lá fora não ter aparecido para ela, isso sim.
avatar
Annelisa Deveraux

Mensagens : 91
Data de inscrição : 25/03/2015
Idade : 20
Cargo : Espécie Desconhecida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Waya Victor Ka-e-te-nay em Seg Maio 22, 2017 5:43 pm

É… “Nós”, Bree.

E, por mais linda e sedutora que você seja (e não é pouco)… Não é algo que eu queira no momento.

Eu trabalho sozinho.

Pessoas só complicam as coisas, vai por mim.

Aquela ceninha com Faith foi água com açúcar.

Victor apenas respira ruidosamente em resposta, voltando o olhar novamente para Colt.

Os cerrando levemente.

Não era Azazel?

- Mais uma vez, você está falando muito… Mas não está nos dando nada. Por mais que eu queira ir correndo atrás de Blair, eu não vou enquanto eu não tiver um panorama completo da merda onde eu estou me metendo. Primeiro: O que houve com Sarah? Eu quero respostas. E segundo: Onde Blair está, e quem a pegou? E por último, não menos importante…

Victor sacava seu cantil lentamente, o abrindo… E o virava repentinamente na direção de Colt.

- Tanto mistério e poucas respostas me fazem ficar desconfiado… - Justificaria, caso não houvesse nenhuma reação interessante.

Para logo em seguida cravar seu punhal de prata na mesa de Colt, esperando que ele mostrasse a cor de seu sangue lendário.

- Eu quero salvar Blair, realmente quero… Mas últimas experiências me ensinaram a ser cautelosos...

Caso não houvesse nenhuma reação, Victor daria a folha de papel para Colt analisar. Afinal, foi dada por Azazel - Seu amigo me deu isso, depois de matar meus amigos...
avatar
Waya Victor Ka-e-te-nay

Mensagens : 84
Data de inscrição : 26/03/2015
Idade : 26
Cargo : Lobo quase Solitário

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Admin em Ter Jun 06, 2017 11:42 pm

ALISSON E DEAN:
---------------

Perguntar primeiro e atirar depois.

Nada mal, nada mal.

Pena que nem todos valorizam.

Dean dispara uma vez. E logo duas.

Porque o primeiro tiro, parecia acertar coisa alguma. Assim como o segundo.

Enquanto isso, Allison parece gostar da idéia e atira.

Entretanto Alisson...Ele parece menos paciente que o irmão gemeo. E BEM mais rapido com aquela faca

Você sempre quis saber como perdia seu olho.

Bem...

Não vai ser aqui.

Mas enquanto inclina a cabeça, por puro reflexo, tem certeza que ele cortou alguns fios de cabelo.

O Terceiro etiro de Dean, entretanto, faz "Aquilo" inclinar a cabeça para tras, com o impacto e parar no lugar.

Lentamente...Ele desliga a motosserra e larga no chão.

Ao mesmo tempo. O "Atacante" de Alisson para e a observa. Ele faz uma saudação respeitosa e debochada.

E ambas as fantasias caem no chão, vazias como em um truque de magica.

Bem...Ao menos vocês estão vivos.


ANNE:
-----

- E você daria toda a razão para ser a suspeita numero 1 daquela segurança que pensa que é uma agente do FBI...Mas ambas sabemos muito bem a culpada.

Ela falava, respondendo sua "ameaça" Anne.

E claro, ela estava se referindo, novamente a Emily.

Entretanto, você não tem 100% de certeza da inocência de Channel.

Ou talvez só REALMENTE queira atirar nela.

- A lenda conta que a varios anos...Uma garota morreu nessa banheira. Morreu durante o parto, e porque as amigas dela se recusaram a levar para um hospital...Porque uma Kappa Kappa gravida era uma vergonha...Bem na verdade AINDA seria...- Channnel balançava a cabeça e entregava a lanterna, afinal precisava de ambas as mãos para descer as escadas em um caminho que ela parecia conhecer tão bem. Na verdade, era quase como uma rede de corredores em pedra mais parecendo um labirinto embaixo da casa.

- Talvez Emily seja a filha dela querendo vingança...Mas ela não pode ter ido longe, esses tuneis levam para fora. Só precisamos...

Channel para de falar e faz um sinal para que você escute.

O som parece metal...Arranhando. Atras de vocês.



Estava se perguntando onde ele estava Anne? Acho que ouviu seu pedido.

E nos segundos que ele se aproxima e você olha para trás em sua curiosidade fatal...Channel ja desapareceu pelo corredor.

Talvez devesse fazer o mesmo.

Apenas sugerindo. Claro
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 134
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Breanna "Bree" Morgan em Sex Jun 09, 2017 2:29 pm

Sim...
 
Nos irritamos, somos irritadinhos e daí? Foda-se!
 
Todo mundo sabe que nenhum de nós aqui nesta sala se importa, ao mesmo tempo que todos nós nos importamos.
 
É complicado, mas é o que realmente nos une.
 
Não estamos falando de um otário qualquer.
 
Eu dividi minha vida com Jay durante tempo suficiente para não conseguir tacar foda-se quando alguém me diz que ele está correndo perigo.
 
Isto não significa que eu o ame.
 
Não mais.
 
Isto não significa nada além de que eu preciso me mexer, porque realmente me importo.
 
Bree ouviu em silencio Colt falar que não era Azazel, só alguém imitando o jogo dele, o que tornava tudo ainda mais perigoso.
 
E bom...
 
Jay era otário no lugar errado e na hora errada, o que tornava Bree exatamente a nova otária.
 
Hora errada, lugar errado, conversa errada.
 
Agora em relação ao que você quer Vic?...
 
Fala sério, eu acharia você meio....doente se depois de tudo isto que a lenda viva despejou nos nosso ombros, você estivesse pensando no meu traseiro.
 
Talvez você pense mais tarde.
 
Mais tarde...quando for dormir.
 
Inevitável.
 
Victor respondia agora, e falava sobre Blair, mas que não tinha informações suficiente. E desconfiado já colocava Colt a prova.
 
Bree suspirava e revira os olhos.
 
- Da próxima vez tatua algo no saco, Colt, pra mostra pro Victor a todo momento que ele pedir.
 
Bree sacudiu a cabeça em negativo, e logo ergueu-se da cadeira onde estava sentada, apenas observando o que Victor deu para Colt.
 

- Vem cá, será que podemos já ir lá salvar nossos amiguinhos, o mundo é um lugar tecnológico e já inventaram a câmera do celular e as chamadas por voz e vídeo, você pode enviar as tranqueiras que precisa pelo celular pra ele, e ele te responde rapidinho, viu? Fácil crianças. Enquanto isto tentamos chegar a tempo de todo mundo morrer. 
avatar
Breanna "Bree" Morgan

Mensagens : 11
Data de inscrição : 23/11/2016
Cargo : Recém-Chegada perdida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Dean Hartigan em Sex Jun 09, 2017 4:46 pm

Meter bala sempre é a melhor opção quando estamos falando desses canalhas sobrenaturais... especialmente quando eles portam serras-elétricas e facas afiada.

Depois de derrubaremos dois e quando Allie quase foi atingida Dean pega o rosto dela pelo queixo com delicadeza e inclina a cabeça pra olhar se ela havia sido atingida.

Dean: Você tá legal?

Ele solta e dá um sorriso tão leve que mal poderia ser chamado de sorriso, como os que o jovem Bruce Wayne dá no seriado Gotham.

Dean: Hmmm... vai crescer de novo.

Então, ele volta a sua atenção para as fantasias no chão.

Dean: Mas que porra são estes caras?

Ele agarra uma das fantasias e a coloca debaixo do braço.

Dean: Isso pode vir a ser útil. Venha, nós temos que sair daqui agora. Os disparo com certeza chamaram a atenção. Vamos nos encontrar com Anne e tentar entender o que está acontecendo aqui.

No caminho, ele indagou.

Dean: Agora pode ser uma boa hora para você me dizer o que estão fazendo aqui.
avatar
Dean Hartigan

Mensagens : 58
Data de inscrição : 30/07/2015
Cargo : Personal Stalker

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Admin em Sex Jun 09, 2017 5:37 pm

BREE E VICTOR:
--------------

A questão é que Bree, você é a unica irritada.

Aquele que é supostamente o ultimo Winchester permanece...Igual a quando vocês entraram e Victor, bem, ele pode estar um misto de diversas emoções, mas calma esta longe de ser uma delas.

Então pode se irritar, mas você esta surtando sozinha.

Não "nós". Você.

E ao contrário, se alguém não se importa é você.

Colt e Dean se importam. Muito. E nem estão disfarçando.

Ja você, prefere dizer para si mesma que esta tudo bem, e perder o controle que você tem sobre si mesma, ter que deixar de lado todos esses jogos psicologicos e comportamento que faz você não ligar para nada te irrita. Claro, compreensivel. Razão pela qual Victor e Colt apesar de comprenderem parecem não ligar. Não serve para eles, eles são mais focados no que ocorre. Mas nada contra, cada um com sua forma de comandar o barco no meio da tempestade.

Esclarecido esse ponto, vamos em frente:

Tsc...Diga o que você quiser para si mesma Bree. Tomara que acredite.

Afinal sabemos quem tem dificuldades em "acreditar" aqui.

- Não é tão incomum quanto parece...Apenas achei que teriam mais pressa. - Respondia o comentário olhando para Victor, novamente com o tom igual, talvez dando certa razão para Bree - Eu posso dar uma explicação curta ou uma longa, depende de quanto tempo você tem. - Ele pegava o punhal e fazia um corte na palma da mão...Talvez até maior que o necessário.

O sangue pingava na mesa, com seu rubro vivo tradicional. Colt parecia apenas olhar.

Distante. Pensativo:

- Morta Victor. Azazel não reage muito bem a ser enganado. Contudo, eu ja havia imaginado que a alma de minha filha não teria um "descanso", imaginei que estaria preso em algum lugar...Algo que você aparentemente resolveu. - Colt parecia voltar a si, fechava a mão mas não fazia nada para parar o sangramento, apenas voltando a posição anterior:

- Essa resposta eu não tenho Victor, mas posso dizer que alguém esta indo muito longe para atrair você. Ouvi dizer que foi capturado por lobisomens, acho que tudo pode ter uma ligação...Mas eu realmente não posso dizer - Sempre longe de parecer suspeito, ele pegava a pagina, apesar dos olhos pararem logo na 1a linha. - Se Azazel deixou isso para você...É porque é algo que quer que você saiba, eu começaria lendo...Parece um diário, com certeza é algo que para ele pareceu "divertido".

A imagem de Azazel, rasgando apenas aquela pagina, a salvando de ser destruída realmente parece uma prova disso.

Havia um jeito bem simples de saber o que estava ali afinal.

Colt deixava sobre a mesa.

- Uma mina abandonada...Eles estão caprichando nos detalhes mas novamente, não a ponto de enganar o rival dele. É um jogo lento e complicado, eles estão "brincando" com você Victor. Resta saber o que querem. Tudo que posso fazer é lhes dar as coordenadas.

Pensem positivo: Ir para uma mais que provável armadilha ainda é melhor que ser perseguida pelo demônio em pessoa.

Com dois machados.


Última edição por Admin em Sex Jun 09, 2017 8:47 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 134
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Allison Reynolds em Sex Jun 09, 2017 8:37 pm

A reação do "demônio" quando Allie atirou nele deixou a garota completamente sem reação. Enquanto o demônio com a motosserra que Dean enfrentava não parecia reagir de imediato, o com a faca saltava em sua direção com uma rapidez que impressionava.

Muito perto. Mas assim, muito perto mesmo. E a tatuada desviava do ataque com um reflexo tão rápido que ela nem imaginou que seria capaz... Imagino que seja instinto de sobrevivência, mesmo.

Os olhos se arregalavam quando ela via alguns fios de cabelo voando no ar, tendo sido cortados pela faca afiada de seu atacante.

Allie tentava retomar a compostura, embora seu coração estivesse palpitando e a respiração ofegante.

Cara, era uma merda TÃO grande você saber que em algum momento do futuro algo de ruim vai acontecer com você... e não fazer ideia de quando vai ser.

Alheia ao que ocorria em suas costas, erguia novamente a arma, ainda trêmula. Porque era tão idiota? Ela precisava manter o foco, ou...

Antes que pudesse pensar no que faria, o demônio que enfrentava sumia, com um aceno irônico.

- Argh... Filho da puta! - a tatuada resmugava irritada, até o momento que sentiu a mão de Dean tocar seu queixo, ele perguntava se ela estava bem. Olhou para ele sem deixar de deixar escapar um semblante de surpresa, pelo modo como ele agiu.

Allie respondia a pergunta com um sinal de afirmativo com a cabeça. Afinal, ela estava bem sim, os dois olhos ainda estavam lá. Estava inteira.

- É... essa passou perto. - dava de ombros, retribuindo o sorriso. É, ela notou o quase sorriso, Dean.

- Seja o que forem, não adianta atirar com balas normais. - tirava a munição da pistola e após alguns segundos procurando nos bolsos, trocava por sal. Seja lá o que forem, valia a tentativa.

Eles já retomavam o caminho da casa da fraternidade, quando Dean perguntou o que elas faziam ali.

- Bem, lembra daquela psicóloga que apareceu na cabana? Sim, aquela que você revistou antes de deixar ela falar.. e ela era famosa da TV.. - Não pode deixar de rir ao lembrar-se disso. - Ela levou um convite de uma festa da fraternidade que estava endereçado aquela garota desaparecida, que nós nunca encontramos.. Blair. O convite parecia rasgado com uma faca e manchado de sangue... Só isso já teria sido motivo suficiente para ter ido investigar. Mas aí então eu e a Anne fomos convidadas, o que tornou tudo mais estranho ainda.

Logo eles estavam na porta da casa, Allie terminou de falar antes de abrir. - Então nós achamos melhor não revelar quem nós éramos... Esse é o motivo dessa roupa inocente e  idiota, que você obviamente deve ter percebido que não tem nada a ver comigo. - dava um sorriso, levemente irônico. - Mas essas garotas são malucas o suficiente para enfiarem a colega morta no freezer e fingirem que nada aconteceu para continuar com a festa... Então eu realmente não sei o que esperar...

Foi quando um estalo passou pela cabeça de Allie. Se aquelas coisas simplesmente sumiam e apareciam onde bem entendiam, quem garantiam que não tinham entrado na casa?

Abriu a porta e percebeu que a amiga não estava ali.

- Cadê a Anne? - perguntaria caso houvesse alguma das garotas ali. A expressão era de preocupação, esperava encontrar a garota ali, a salvo.

Por acaso, nem se preocupou em esconder a arma antes de entrar. Fooooda-se.
avatar
Allison Reynolds

Mensagens : 98
Data de inscrição : 25/03/2015
Cargo : Paranoica em desenvolvimento

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Annelisa Deveraux em Sex Jun 16, 2017 11:11 pm

Infelizmente, ela não tem 100% de certeza de nada, ou seja... era melhor não responder as provocações/respostas de Channel, caso contrário, ficariam naquela troca por uma infinidade de anos que elas não tinham. Na verdade, pelo caminhar da situação... talvez nem horas, vai saber. De toda a forma, continuava a seguindo, com o celular numa mão, e a arma na outra.

A atenção aumentou quando a Oberin começou a contar a tal lenda urbana. Anne guardaria as opiniões a respeito de qualquer coisa para si mesma e seus amigos – amiga! – e não trataria aquelas palavras de maneira relapsa. Entretanto, era impossível não detestar ainda mais a atmosfera terrível da fraternidade... elas carregavam um histórico sujo de sangue e o escondiam por baixo de seus tapetes macios e paredes cor de rosa. Assim que Channel estendeu a lanterna, Annelisa aproveitou para guardar o celular no bolso da roupa e trocar de apetrecho. Ah, bem melhor, não? Conforme caminhava, tratava de dividir as atenções entre os pontos do corredor e também no ruído de passos... Não queria ser pega de surpresa e morrer de um jeito ordinário.

- É uma possibilidade... – foi só o que comentou e não carregava nenhum traço de ironia na afirmação meio reticente.

Channel, Emily...

Não enxergava vítimas; enxergava um grupo de meninas culpadas, cada qual com razões que justificassem o uso da palavra.

Culpadas.

Todas eram culpadas.

- Prefiro tirar minhas próprias conclusões e para isso... Preciso de provas concretas.

Ou seja, aquele quebra-cabeça dos infernos necessitava da última peça: Emily Morgan.

Como Channel, também pára de caminhar e se vira, apontando a lanterna e a arma. Os olhos se arregalam ao focalizar o diabo.

E os dois machados.

Tinha mesmo materializar os pensamentos dela???

Cadê a privacidade?


- Fique atrás de mim... Cha... – lançou uma breve olhada por cima do ombro e suspira – Ótimo...

À medida que ele vai se aproximando, Anne recua, um passo, dois passos... e assim sucessivamente.

- O Halloween chegou mais cedo? Você quer brincar? Ok... Então vamos brincar.

A lógica é simples... Se alguém foge é porque está sendo seguido, e Annelisa esperava que o monstrengo ali fizesse exatamente essa ação, pois lhe daria tempo para pensar num plano e afastá-lo das meninas no hall.

Alguém vestido de demônio...

Acho que encontramos um novo suspeito... ou suspeita, ou ele nos encontrou, detalhes.

Respire e fuja, Anne... ou perderá alguns fios de cabelo.

Cadê aquela vaca da Oberin?
avatar
Annelisa Deveraux

Mensagens : 91
Data de inscrição : 25/03/2015
Idade : 20
Cargo : Espécie Desconhecida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Waya Victor Ka-e-te-nay em Dom Jun 18, 2017 3:13 am

Se, sendo desconfiado e neurótico, eu só me fodo… Imagina não o sendo?

Com sua atitude, Bree, é um milagre que você ainda esteja viva neste ramo.

Estamos bem longe do ideal heroico, onde saltamos no carro rumo ao horizonte, salvando tudo e a todos pela frente, sem temer o que está por vir.

A realidade é saltar no carro e salvar quem a gente puder… Torcendo para não morrer no meio do caminho. Tudo recheado de traições, armadilhas e morte.

O mundo real não é nem um rascunho do que você idealiza.

Espero que você apenas entenda isso, e não viva isso como eu tive que viver.

De qualquer modo, eu não me importo.

Tenho um trabalho a fazer e só isso que importa.

Victor os acompanhava falar.

A inquietação de Bree, disfarçada pelo desinteresse.

E Colt… Inerte.

Testes feitos… Perguntas parcialmente respondidas.

Era ir pra lá ou ir pra lá, certo?

Victor olhava fixamente para Colt por alguns segundos mais longos do que deveriam.

Tinha que confiar nele?

Parecia ser a única saída.

- Me manda as coordenadas… Estou indo.

Disse, por fim, dando meia volta e caminhando em direção ao Bronco.

Enquanto o fazia, levou a folha de diário a altura dos olhos, para finalmente lê-la.

Esperava, ao menos, que Bree fosse com ele.

Apesar que… Se ela não fosse, talvez significasse menos problemas.

Ficar sozinho era sempre melhor.

Sempre.

avatar
Waya Victor Ka-e-te-nay

Mensagens : 84
Data de inscrição : 26/03/2015
Idade : 26
Cargo : Lobo quase Solitário

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Breanna "Bree" Morgan Ontem à(s) 12:54 pm

Sim.
 
Devo ser a única irritada.
 
Já que o índio ai prefere ser uma porta sem emoções, mesmo sendo passado pra trás, feito de otário, tendo os amigos mortos, correndo atrás da gêmea do bem e gêmea do mal. E você é um otário que quer que a gente faça o serviço sujo.
 
Ah mas é porque você fez um pacto.
 
Foda-se.
Problema seu.
 
Então talvez pra eu não ter que ser uma mala a contar minha triste história de como tive que dar foda-se a alguém que eu julgo importante, como você fez a pouco.
 
Eu prefiro ficar PUTA!
 
OK?...
 
Eu prefiro SURTAR agora, a ter que viver o seu papel Colt.
 
Ou fingir que sou uma caçadora insensível e gosto de fazer tudo sozinha.
 
Né, Victor?
 
Então talvez tenhamos visões diferente sobre, não se importar.
 
EU quando entrei nesta sala, não estava me importando querido. Sério, você podia lamber a bunda do capeta que eu não ia ligar se você não enchesse meu saco.
 
Mas você encheu.
 
Então, novamente?
 
Foda-se.
 
E vocês vão são focados, vocês são retardados.
 
Percebe?
 
Que você doou uma filha pro capeta, pra salvar a outra.
 
E o Victor tá com a pazinha pra limpar toda sua merda.
 
Isto é foco?
 
Ou Culpa?
Resumindo.
Vá a merda.
 
Esclarecido este ponto, vamos usar a tecnologia a nosso favor, se é que existe celular na oca do papa capim Victor.
 
O cara quer dar descanso pra alma da filha, mas fica atrás da mesa bancando o Mestre dos Magos.
 
Anotado.
 
E Victor....
 
O que é melhor?
 
Viver la vida louca ou ser um porre sozinho?
 
Me responde depois de uma dose de tequila, você ainda está um porre.
 
E você é muito mais iludido que eu, Victor...Se pensa que tem alguma missão divina na terra que é ajudar a todos que conseguir e se manter vivo para servir a humanidade ingrata.
 
As vezes...você faz muito mais mal do que bem, e você sabe disto.
 
Então encare o NADA da sua vida, para você estar desesperado para fingir que não quer ser o herói para sentir alguma coisa.
 
Talvez esta seja a nossa diferença.
 
Mas isto é assunto pra psicólogos, podemos fazer umas sessões depois.
 
E não me diga que você TEVE isto ou teve aquilo, você teve e tem escolha Victor, e escolhe fazer  tudo sozinho, ser o eremita resmungão e enfiar esta garrafinha no rabo de todos.
 
Viu?...
 
To nervosinha.
 
Bree somente suspirou e então voltou os olhos a Victor.
 
- Já cansou de brincar de Caverna do Dragão com o Mestre dos Magos? Podemos simplesmente seguir as coordenadas. Talvez o Colt ai seja melhor como GPS do que como informante.
 
Bree apenas acenou para Colt, e então deu as costas saindo do escritório, e se tinha um cheque para pegar.
 
Não importa mais.
 
Não demorou a alcançar Victor e logo estendeu a mão pra ele.
 
- Me dá a chave, você tem uma cara de co-piloto que eu adoro...
 
Logo a morena deu um sutil piscada pro rapaz, somente para quebrar aquela clima mais tenso.
 

Mas ainda to nervosinha.

e...VOU dirigir.
avatar
Breanna "Bree" Morgan

Mensagens : 11
Data de inscrição : 23/11/2016
Cargo : Recém-Chegada perdida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 05] - Kapa Kapa Delta

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum