[01 x 04] - Causa e Consequência

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Waya Victor Ka-e-te-nay em Seg Out 03, 2016 8:57 pm

Victor olhava fixamente para a garota.

Seus olhos não desviavam, por um segundo sequer, dos dela.

E o motivo disto era bem óbvio… Primeiro, o de passar confiança a garota.

E segundo, caso houvesse alguma mentira em sua narrativa, o olhar intenso a incomodaria.

Não era porque o índio não era um policial de verdade… Que deixava de ser competente.

A expressão era bem neutra, não demonstrava muita coisa a não ser interesse.

E foco total em sua narrativa.

Por tanto a acompanhava, sem sequer olhar para as garotas no processo.

Os olhos apenas desciam a seu pulso, para ver o hematoma.

Pesado… Pesado demais.

Ou o cara era quem eles procuravam… Ou alguém com um ótimo preparo físico.

Vagarosamente, Victor levava a mão ao interior da jaqueta e apanhava um bloco de anotações.

Mais uma vez… Precisava fazer tudo conforme a regra.

Anne perguntava o nome da garota, e Victor rapidamente o anotava.

Assim como o quarto do averiguado.

Aguardava ela responder a Allie e só então erguia o olhar.

- Com certeza vamos averiguar o que houve. Esse hematoma, por si só… Já é uma agressão, e caso você queira representá-lo, teremos prazer em levá-lo ao departamento mais próximo… - Vagarosamente, ele retirava um cartão e entregava a garota – Qualquer coisa, me ligue… Se lembrar de algo, ou se acontecer algo. Só me responde uma última coisa… Desde quando este rapaz está hospedado aqui?
avatar
Waya Victor Ka-e-te-nay

Mensagens : 88
Data de inscrição : 26/03/2015
Idade : 27
Cargo : Lobo quase Solitário

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Admin em Ter Out 04, 2016 11:24 am

DEAN:
-----

Se existia alguma dúvida que Burton podia te ouvir Dean...Ele não pode. A prova é que ele permanece olhando para os papéis enquanto você se decide. Quando finalmente parece ter certeza que seu sacrificio, sua missão ou ambos são mais importantes do que simplesmente dar as costas para tudo aquilo, alguns segundos se passam e volta-se a ouvir a voz séria e centrada de seu "amigo".

- Eu sabia que podia contar com você Dean. Agora, muita atenção...

Logo ele mostra uma foto. Em um primeiro momento, não é familiar ja que você nunca conheceu. Entretanto, após alguns segundos algo parece fazer a ligação dentro de sua mente: Pode ser pelo fato que você ouviu falar muito dela, e não esperava ver uma foto nas mãos dele, entre todas as pessoas:

- Essa é Blair VonDursten. Filha de um milionário, órfã de mãe. Blair não sabe dos detalhes, mas atraiu a atenção de um demônio muito poderoso. Se isso aconteceu... porque ela tem algo único, especial, um dom. Ainda não tenho certeza do que se trata ainda, mas pode ter certeza que onde a fumaça, existe fogo.

Burton encara a tela o tempo todo enquanto fala, ele ainda demora alguns segundos antes de puxar uma nova foto.

E essa causa uma reação ainda maior Dean:

- Annelisa Deveraux. Ela trabalha em um necrotério, tem uma vida bastante comum devo dizer. Entretanto... Ela realmente não é absolutamente nada comum. Existe muito sobre o passado dessa garota, e ela pouco sabe da verdade. Varias informações são completamente forjadas, especialmente dado ao fato que...

Burton mostra um novo documento. As letras são bem claras e grandes. O suficiente para você entender a mensagem. E ele logo segue em frente:

- Allison Reynolds... - Por alguma razão, Burton sorri ao dizer o nome dela, contudo ele não parece querer explicar, balançando a cabeça negativamente e prosseguindo: - Alisson estuda na mesma faculdade, é um pouco mais...Vamos dizer rebelde que suas colegas e existe uma bela razão para isso. A garota devia pesquisar um pouco mais sobre seus antepassados, mas adolescentes costumam estar ocupados com outras coisas.

Burton pega a ultima foto, que você ja tinha uma ideia de qual seria:

- E finalizando, Victor. - Curiosamente, ele não diz um sobrenome. - Um caçador como eu, de uma linhagem distinta. Ele não tem idéia que seu nome carrega muita coisa. Eu conheci o pai dele, e não sei de tudo. Mas escute o que estou dizendo: O garoto vai passar o inferno, mais do que todas essas garotas juntas. Aqueles que estão atras dele não vão parar. Mataram o pai dele e ele é o próximo, e só vão desistir quando conseguirem.

A pasta vai a mesa, e Burton volta a falar:

- Se lembrar dessa parte Dean, é porque esta mais uma vez no controle. E isso é culpa minha: Eu preciso que mantenha os olhos neles, e os meios para garantir isso não são os ideais. Tanto eles quanto você serão importantes, seus caminhos se cruzam. Você também não esta aqui por acaso, os Rogaru que os atacaram...Aquilo não foi um acaso Dean. Eles estavam atras de você. Eles apenas quiseram que parecesse que toda sua unidade era o alvo....

Pelo visto, ele ainda tinha mais uma surpresa. Dean, quando você pensa em agradecer a Dra. Cordelia, pode ouvir claramente a voz dela o chamando, e o cenário volta a ser envolvido por névoa. Entretanto, se pensava em retornar ao consultório sua mente esta bem enganada: Um novo bar, um novo balcão e Burton ao seu lado. Dessa vez, felizmente você reconhece rapidamente a lembrança: Uma das primeiras vezes que vocês se encontraram, a terceira vez se bem lembra. Ele parece tranquilo a medida que a garota deixa duas canecas de cerveja a frente de vocês. Sorrindo e piscando de maneira maliciosa em sua direção, quase que a queima roupa.

Antes que diga qualquer coisa, Burton se manifesta:

- Sabe...Não quero me meter em suas memórias, mas não foi assim que aconteceu: Ela estava com o cabelo preso e ela com certeza não piscou para você. Sua mente é uma bagunça Dean...

E ria, balançando a cabeça negativamente enquanto bebia.

Talvez não seja bem uma simples lembrança afinal.

Ou ao menos, você não esta revivendo ela sozinho?

Foto 1

Foto 2

Foto 3

Foto 4

VICTOR. ALISSON E ANNE:
------------------------

Tão desconfiados...

A garota parece bem na defensiva, o que para Alisson e Anne parece mais normal. Atire a primeira pedra a garota que nunca se sentiu intimidada perante a violência e preferiu o silêncio. E ela pareceu somente agora perceber que não havia respondido a pergunta sobre o próprio nome:

- É Jessie... Jordana, que nem o esmalte?


Mais uma vez Anne, lembre de agradecer ao Victor. Ela ainda praticamente abraçava a si mesma enquanto falava:

- Ele sempre foi do tipo que chama atenção, não de uma maneira boa. - Ela olhava para porta enquanto respondia as peguntas, parecia balançra a cabeça negativamente em velocidade para Victor. também nada muito incomum, ja que na maioria das vezes as garotas estão assustadas demais para prestar queixa: - Fazem alguns dias, pouco mais de uma semana. Mas ele passa a maior parte do tempo fora...Ele acabou de sair, de novo. Se tiverem mais algumas perguntas posso responder aqui, sem problemas.

Em termos praticos pessoas, o tempo não é seu amigo. Se alguem quiser ficar ouvindo Jessie e mais detalhes ela até adoraria mas é tempo que vocês não tem, pois seu amiguinho pode voltar logo logo.

(Entendi que NINGUEM vai ficar por ali. Sem problemas na verdade. Caso tenha entendido errado e alguem queira ficar, so avisar no turno que no próximo corrige)

Se faltavam razões para achar o cara estranho, advinham onde ele dorme? No sotão.

Alguém pelo jeito não leu "Como não cair no cliche de suspeito"

Enfim, como se trata de uma casa, existe aquela velha escadinha, que some um por vez acima do forro levando até o teto. Uma vez que todos estejam la emcima, ou vocês se fecham la dentro ou fica bem claro que estão la no final das contas. Luz não é o forte do local, ao contrário da humidade. O quarto realmente não é um local 5 estrelas uma vez que existem caixas em quase todas as paredes, certamente ele deve ter ganho algum desconto para ficar la emcima. Em um primeiro momento não é possivel ver o interruptor, na verdade não é possivel ver muito bem nada naquele breu. E para ajudar o cheiro não é exatamente agradavel.

Mas deve ser apenas mofo...Certo?

Então, é preciso saber o que estão procurando. O local não é tão pequeno e as condições gerais não ajudam. Se todos subirem ainda precisa de um pouco de atenção e alguns pares de olhos para cobrir a área inteira.

O que exatamente estão procurando aqui emcima mesmo? Pode levar algum tempo, sempre lembrando que podem ser surpreendidos.

Isso se alguém não estiver "de guarda" la embaixo.

Por acaso ja disse que vocês não tem muito tempo?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 146
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Allison Reynolds em Ter Out 04, 2016 10:45 pm

Era difícil analisar a postura e a fala da garota.

Parecia uma garota comum, assustada com um cara estranho.

Em um momento que a garota estava de costas, Anne fez um sinal para eles, indicando que a aliança que ela usava era de prata. Isso descartava que ela fosse o metamorfo, ao menos aparentemente.

E qual é, o cara dormia no sótão? Não podia ser mais estranho né? O vampiro do sótão, que talvez fosse um metamorfo.

Ok Allie, chega de viajar.

A tatuada ficava parada ainda, esperando pelos colegas caçadores saírem, dariam uma olhada no quarto do cara estranho, já que no momento ele não estava lá.

Mas ainda havia tempo para mais uma pergunta para Jessie? Poderia ser besteira mas.. Allie ainda parada diante da garota, as mãos estavam enfiadas displicentemente no bolso da jaqueta de couro que vestia - uma postura que era bem comum para ela, inclusive. Talvez Allie falasse em um tom mais baixo propositalmente, mas na verdade insistia em fazer essa última pergunta porque se preocupava.

De verdade, Jessie, ela entendia. Talvez mais do que você pudesse imaginar. E.. por mais que a vida de caçadora tivesse mostrado para Allison que haviam uma infinidade de criaturas terríveis a solta por aí, ela sabia que não era só com as criaturas sobrenaturais que deveriam se preocupar. Ainda mais se você fosse uma mulher.

Os olhos castanhos que sempre eram encaravam diretamente os da garota.

- Jessie... Você tem certeza que o cara estranho do sótão é a única coisa que está te incomodando? Porque, de verdade.. nós podemos te ajudar. Não importa com o que seja.

E isso deixava claro que não era apenas focar na missão. Percebia o quanto a garota estava transtornada, e o quanto ela mexia naquela aliança prateada no dedo.

Talvez fosse apenas coisa da sua cabeça mas... A reação da garota ao ser questionada ainda deixava Allison mais inquieta. Algo não parecia certo. Parecia importante ouvir o que ela tinha a dizer.

- Nós não temos muito tempo até ele voltar, mas... - dava a garota um leve sorriso e em seguida falava voltando-se para Victor e Anne. - Vocês sobem no sótão, eu fico na beira da escada, vigiando pra ver se ele não volta. Eu já sigo... logo atrás de vocês.

Esperava que eles entendessem, e fossem na frente. Se concordassem, teria algum tempo onde a garota pudesse explicar melhor o que aconteceu.

Assim que eles saíssem, olhava para Jessie, aguardando que ela falasse.

Allie sabia que não podia demorar muito, que talvez Vic e Anne precisassem de ajuda. Mas não deixava isso transparecer.

Apenas olhava calmamente para ela. As mãos ainda nos bolsos.
avatar
Allison Reynolds

Mensagens : 104
Data de inscrição : 25/03/2015
Cargo : Paranoica em desenvolvimento

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Waya Victor Ka-e-te-nay em Sab Out 08, 2016 3:41 pm

Não se passa uma semana vivo nessa vida sem ser desconfiado, amigo.

E então Jessie falava que o cara era do tipo que chamava a atenção.

Ok, o ferimento era bem… Substancial.

Agora, chamar a atenção?

Normalmente metamorfos preferem ser discretos.

Agora, o sótão era algo positivo… Escuro, talvez longe de toda aquela “limpeza”.

De qualquer modo, pesavam mais motivos para checar o maldito do que não checar.

E, para ser sincero, mesmo que não houvesse motivos, eu daria uma olhada, certo?

Ser desconfiado, faz parte.

Apenas acompanhava Allie fazendo mais perguntas, e finalmente partiam para o maldito sótão.

Concordava com Allie quando ela dizia que ficaria de vigia, e subia rapidamente.

Ao ver a escuridão, e nenhum interruptor, rapidamente ligava a lanterna do celular, mantendo-se atento.

O que procurava?

Para ser sincero, os sinais de sempre.

Excesso de cabelo.

Pele.

Ou, a sorte grande… Alguma pista sobre o corpo que ele havia assumido.

Fotos, carteiras ou qualquer porcaria que lhe desse um nome para pesquisar e entender quem era o maldito.

Tentava, ao máximo, ser rápido… Cobrindo a maior parte do lugar com Annie.

E como estavam em dois, seria rápido.

Em poucos minutos desceria, e fecharia o maldito lugar.
avatar
Waya Victor Ka-e-te-nay

Mensagens : 88
Data de inscrição : 26/03/2015
Idade : 27
Cargo : Lobo quase Solitário

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Dean Hartigan em Qui Out 13, 2016 2:25 pm

Dean observa todas as fotos enquanto escutava o que Burton tinha para dizer para ele. Agora ficava um pouco mais claro do que realmente se tratavam os membros daquele grupo inusitado. Entretanto, ele não entendia onde ele e Anne se encaixavam.

Dean: Eu entendo, mas algumas coisas não fazem sentido. Victor é de uma linhagem de caçadores... ok. Blair tem poderes paranormais... check! Allie anda sempre com aquele livro que já se mostrou anormal... beleza!

Tomou um gole da cerveja e nem iria falar nada para a garçonete. Era bonita, mas ele tinha a mente em outro lugar agora.

Dean: E eu e Anne? O que tem demais numa menina que trabalha num necrotério? Não há nada demais nisso... e sobre mim? Porque os Rogaru estavam atrás de mim? Isso é outra coisa que não me faz o menor sentido.

Burton explicava sobre ele ter de ficar de olho nos outros... isso era algo que ele já estava fazendo... só que agora era meio que oficializado.

Restava saber para onde partir agora...
avatar
Dean Hartigan

Mensagens : 64
Data de inscrição : 30/07/2015
Cargo : Personal Stalker

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Annelisa Deveraux em Qui Out 13, 2016 3:39 pm

Allison... Dedão do meio para você ù.ú

E outro para o xerife!

Mas voltando...

Aguardava as respostas da garota, Jessie, e as perguntas dos seus amigos, para assim começar a estruturar as informações na cabeça. E claro que o nome não passou despercebido para a vítima... Par não soltar um resmungo, Anne apenas sorriu de um jeito forçado, mostrando os dentes mais do que o necessário. Cara, queria muito acertar um chute na canela de Vic... Tipo, um chutaço, digno de seleção. De toda a forma, ela explicava a situação para o trio, não sendo um poço de detalhes, porém demonstrava disponibilidade para se aprofundar no assunto, caso fosse o desejo deles.

O melhor de tudo era que o tal cara dormia no sótão.

Sério, no sótão.

Por fim, ela e Victor saíam do quarto, menos Allie... que fazia uma nova pergunta para Jessie, e esta chamou bastante a atenção de Annelisa. Precisou disfarçar a feição confusa, mas confiava em Allison. Provavelmente, a amiga percebeu algo de diferente... depois a questionaria, pois no momento, Allie sugeria para que os dois seguissem em frente enquanto ela ficava na retaguarda, vigiando o retorno do suspeito. Acenou de modo positivo e acompanhou Victor até o tal quarto. Assim como ele, também buscou a lanterna do celular, e conforme procurava num lado, Anne ia para o outro, sendo o mais minuciosa possível.

- Como alguém consegue ficar num lugar tão... Argh. Se parar para analisar, esse ambiente explica as constantes saídas... - foi um comentário irônico - É nojento e claustrofóbico.

Quando finalmente terminaram de checar a área, Anne acompanhou Victor e ambos saíram do quarto/sótão, sem terem encontrado nada demais, além de muita sujeira.
avatar
Annelisa Deveraux

Mensagens : 96
Data de inscrição : 25/03/2015
Idade : 21
Cargo : Espécie Desconhecida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Admin em Ter Out 18, 2016 2:31 pm

DEAN
----

Burton olhava para você por alguns instantes, antes de balançar a cabeça e voltar a beber, se é que qualquer coisa daquilo diante de você realmente estava acontecendo. Talvez ele esperasse que você não aceitasse assim tão rapidamente, ou ao menos se questionasse mais de como estão ali, se estão ali antes de simplesmente começarem a disparar perguntas.

Talvez não o conhecesse tão bem assim.

- A garota acredita no que querem que acreditem. Pais, familia, faculdade...Entretanto, sabemos que não é bem assim.

A imagem do papel que Burton mostrou no video vem em sua cabeça, aquilo explica algumas coisas.

Resta saber se você vai querer contar a ela ou não

(OFF - O Dean sabe o que é, mas não escrevi ainda porque é surpresa karol)

- Agora você...Eu realmente não sei Dean. Essas coisas tem organização própria, existem caçadores e especialistas que traçam perfis e estudam métodos, mas eu prefiro, ou preferia atirar nelas. De qualquer forma...Vocês juntos são capazes de resolver, eu apenas garanti que eles teriam um par de olhos atentos sobre eles. Se serve de alguma coisa, esse velho pede desculpas pelos seus efeitos colaterais. Não vai mais acontecer, agora que você lembrou da parte faltando, a realidade esta bem definida sobre seus pés.

Ele largava o copo no balcão olhando para o mesmo.

- Ou ao menos quase. - Antes de mais perguntas ele voltava a falar. - Mas isso agora não importa, você tem suas respostas. Você foi no distrito de policia, após beber com Victor. Você foi a psicologa, ja saiu do consultório, em "piloto automático". Você então foi para o bar, fez um amigo novo, ele lhe levou até a casa suspeita e você ia se aproximar dela...Pronto para seguir em frente garoto?

Pelo visto, mais uma vez é com você Dean.

ALISSON
---------

Coisa de garotas. Cada uma.

Talvez Dean pensasse que isso é uma bobagem tão grande que mal poderia expressar, mas claro que concordava.

Ainda mais depois dos recentes acontecimentos?

De qualquer forma, Jessie não parece ser do tipo que vai pular sobre você e faze-la atirar nela Alisson. Até porque ela nem chega muito perto, andando pelo quarto quase que abraçando a si mesma enquanto fala: - Sabe...Quando uma pessoa lhe da arrepios? E você não sabe explicar, e as pessoas não acreditam e você...Mas você tem apenas um pressentimento...Eu devo estar ficando louca.

Ela parava olhando pela janela, a algum ponto la embaixo.

- Ele...O jeito que ele me olha, para as pessoas. Como se estivesse nos estudando, como se fossemos apenas...- Logo entretanto ela parava, olhando pela janela. Antes que pense em perguntas ela logo respondia: - Ali embaixo...Kurt.



Olhar pela janela mostrava claramente a figura de Kurt chegando, e um mais que simpatico anfitrião falando com ele por alguns instantes, com algumas cartas que tirava da caixa de correio e parecendo procurar alguma e entregar ao mesmo. Por sorte, Kurt parecia interessado em ouvir, ou algo semelhante a isso.

Mas não haviam mais tempo para perguntas Ali. Até porque Jessie não parece saber la de muita coisa. Você logo esta do lado de fora do quarto mais uma vez, afinal de contas sabe que Kurt não vai ficar la embaixo para sempre. Tudo que pode fazer é ficar na retaguarda, ou subir e avisar Victor e Anne?

A não ser que tenha algum outro plano.

VICTOR E ANNE
------------

Desventuras no porão silencioso, ou nem tanto ja que cada passo que vocês escutam é mais do ouvido. Mas em meio ao som da madeira rangindo talvez não fosse algo que fosse assim tão... Pouco suspeito.

Enquanto Anne parecia aguardar para sair, consegue ver um pequeno abajur emcima do que foi transformado em uma mesa, iluminação é fraca, e a lampada de uma cor um tanto incomum, mas ajuda ver melhor as paredes..Que possuem uma série de fotos. As mesmas são estranhas, mais parecendo borrões, vultos de pessoas em poses estranhas e parecendo um tanto desconexo até mesmo entre si.

Victor tambem parece prestes a sair, ja que apesar de suspeito, havia pouco ou quase nada ali, alem de roupas e objetos pessoais. Quando esta prestes a concluir sua varredura, o celular ilumina algo bem familiar e sempre digno de ser suspeito: Uma porta. A mesma parece ser algum tipo de closet, ou talvez um deposito ou algo do tipo. Porém, existe um belo de um lindo cadeado ali, que ajuda a fechar o kit de lugar estranho. E não se trata de um cadeado simples, você ja viu portões pesados com cadeados bem piores que esses Xerife.

E enquanto ve isso, ao menos tem uma satisfação e uma conclusão bem clara.

Se procurar um sinal, a fonte daquele cheiro terrivel parece estar logo atras dessa porta.


Última edição por Admin em Qua Out 19, 2016 11:35 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 146
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Allison Reynolds em Qua Out 19, 2016 11:28 pm

Allison apenas observava Jessie caminhando nervosamente pelo quarto. Apenas concordava levemente com a cabeça, conforme ela falava.

Embora nada na sua postura denunciasse, a jovem tatuada estava de prontidão caso.. algo acontecesse.

E por mais que pudesse parecer besteira, Allison realmente sentia que devia ouvir o que mais a garota pudesse lhe falar. Sendo mulher, nesses casos provavelmente ela se sentiria mais a vontade.

Allison ouvia o que ela tinha a dizer, com atenção. Os olhos nos olhos dela.

- Eu... entendo, Jessie. - E acredite Jessie, embora ela não possa lhe falar tudo, Allison realmente sabia como era se sentir assim. E acreditar na intuição nem sempre poderia ser a saída correta mas... ainda assim, Allie sempre acreditava na própria.

Arqueou levemente uma das sobrancelhas quando Jessie falou sobre a forma estranha como ele parecia olhar para as pessoas.

Jessie seria mais sensitiva que todos ali? Um metamorfo estudava suas presas antes de tomar o lugar delas?

Eram tantas perguntas.

Mas foram interrompidas por Kurt, que estava conversando com o dono do lugar, no quintal.

Não tinham muito tempo, logo ele subiria até o quarto.

- Jessie, tenta ficar longe dele, certo? Logo nós vamos descobrir o que está acontecendo. Eu vou avisar os outros que ele está subindo, assim nós resolvemos isso logo.

Logo Allison estava na entrada do sótão onde Kurt estava dormindo.

Sem hesitar, a tatuada subiu, para encontrar Vic e Anne que reviravam o lugar. Foi falando enquanto subia.

- Ele está no jardim, não deve demorar muito pra... ah certo. - parou por alguns instantes, provavelmente olhando a expressão meio desconfiada de ambos, puxando a adaga do bolso fazendo (mais) um pequeno corte nas costas da mão. Enquanto fazia isso, olhou ao seu redor. Cara... que muquifo. - ... bonita decoração, a dele.

Allie pegou a pistola, não tinham muito tempo para decidir o que fariam a seguir. - E se esperarmos o bastardo aqui? Jessie não disse muita coisa, só que ele olha para as pessoas como se estivesse as estudando.
avatar
Allison Reynolds

Mensagens : 104
Data de inscrição : 25/03/2015
Cargo : Paranoica em desenvolvimento

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Waya Victor Ka-e-te-nay em Qui Out 20, 2016 4:56 pm

Ah, que ótimo… Uma maldita porta, super bem fechada, com cheiro de carniça.

Porque é esse o cheiro, não é?

Cerro os olhos olhando para o cadeado.

Eu posso arrombá-lo, mas isso vai levar algum tempo.

Tempo que eu não tenho.

Mais do que depressa, caminho pelo quarto e apanho um dos travesseiros.

Vou deixar rastros, mas… É uma pista grande demais para ser deixada para trás.

Coloco o travesseiro contra o cadeado, e encosto a arma o máximo possível nele.

O travesseiro ajudaria a abafar um pouco o som.

- Quando eu contar até três, você pula o mais alto que puder, Annie… - Pedia a amiga, e então contava – Um, dois… Três!

E no momento em que a visse no ar, atiraria no cadeado.

Assim, o estampido seria mais ou menos junto com seu salto.

Era uma tentativa bem tosca de disfarçar o som, para que pensassem que algo havia caído ou algo assim.

Mais do que depressa, jogava o travesseiro no chão e apanhava os pedaços do cadeado, os enfiando no bolso e abrindo a porta o mais rápido possível.

Até que ouvia Allison chamando.

- Estamos com uma pista grande aqui… Devemos descer em minutos! - Respondo.

E dependendo do que tiver aqui.

Vamos descer chutando traseiros!
avatar
Waya Victor Ka-e-te-nay

Mensagens : 88
Data de inscrição : 26/03/2015
Idade : 27
Cargo : Lobo quase Solitário

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Annelisa Deveraux em Qui Out 20, 2016 10:08 pm

Certo...

Eles não chegaram a sair do quarto.

Vamos brincar mais um pouquinho no sótão.

Victor parece ter encontrado algo, o que a faz hesitar antes de passar pela porta. Annelisa começa a ficar ansiosa, temendo que o suspeito surgisse do nada e os pegasse ali dentro, bisbilhotando. Não queria nem pensar no tamanho da confusão... ou coisa pior, né? Mas então, seu olhar se concentrou num abajur velho e no caso, mais especificamente, no que o mesmo estava iluminando. Enquanto Vic seguiu até o armário, Anne aproximou-se da parede e apesar da já parcial iluminação, ergueu o celular para enxergar melhor os detalhes das fotografias... Eram muitas e distintas. Como se alguém as tivesse batido em pleno movimento. Prestes a comentar tais imagens com o xerife, ele a chamou e fazia aquele pedido estranho. No entanto, compreendeu a intenção assim que se virou para encará-lo.

- Tá bom - ela concordou, posicionando-se e quando Vic falou três, Anne pulou o mais alto que conseguiu, e no momento que os pés encontraram o chão de madeira, causaram o baque, apesar de Annelisa não ser pesada - Conseguiu? - aproximou-se por trás dele, para enxergar o que havia dentro do armário, e o cheiro, que certamente ficou mais forte, a obrigou a cobrir o nariz - Alguém morreu aí dentro?

A voz de Allison roubou a atenção dos dois. Anne encarou a amiga, e apenas balançou a cabeça de leve quando ela se cortou.

Ótimo! Ele estava aquiiiiiiiiiiii!

- Victor...? Saímos ou não? Acho que estamos ficando sem tempo... - comentou, ainda mais inquieta, com a chance, agora, real do rapaz aparecer.

Notou que Allie estava próxima do abajur.

- As fotos! Allie... Veja! - apontou - Não são esquisitas?

Gente, mas o que NÃO era esquisito?

Ora olhava para cá, ora para lá.

- Ah, mas ele já... - mordeu o interior do lábio, e sorte que Victor estava terminando de abrir o armário e não viu como os olhos da loira se arregalaram - já vai notar que andaram fuçando nas coisas dele mesmo! Precisa de mais tempo? Um de nós três pode enrolá-lo mais um pouco, se for necessário...
avatar
Annelisa Deveraux

Mensagens : 96
Data de inscrição : 25/03/2015
Idade : 21
Cargo : Espécie Desconhecida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Dean Hartigan em Sex Out 21, 2016 12:03 pm

Há um bom tempo que eu estou tentando entender tudo o que aconteceu comigo... o porquê... o como cheguei até aqui...? Eu poderia pensar que não acho justo tudo isso, mas eu não penso isso. Eu sei que eu aguento... injusto seria se isso fosse com meu filho ou com alguém que não aguenta.

Burton deve ter suas razões para ter me escolhido pra esta função.

Dean: Você não tem pelo que se desculpar, velho. Se eu sou bom nisso que estou fazendo, então é melhor que eu o faça. Você só ajudou a arruinar a minha carreira, mas... quem liga pra 12 anos de serviço e uma ficha perfeita quando se pode matar Lobisomens e Zumbis?

Então, ele me mostra um papel sobre Anne e meus olhos arregalam. Pego o papel e o observo mais atentamente. Isso era algo que eu não suspeitava e duvido que ela suspeite também... mas não é a hora para sair dando com a língua nos dentes. Talvez ela nunca me perdoe por não contar isso, mas... diabos, eu só quero protegê-la e aos outros.

Dean: Ela não vai receber bem essa notícia, acho...

Burton então finalmente finaliza o seu discurso e pergunta se eu tô pronto pra seguir em frente. Eu possuo apenas mais uma pergunta.

Dean: Dopplegangers... como eu os identifico... e como eu os mato?

Era só isso e voltar pra meter chumbo no desgraçado.
avatar
Dean Hartigan

Mensagens : 64
Data de inscrição : 30/07/2015
Cargo : Personal Stalker

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Admin em Sab Out 22, 2016 7:19 pm

ALISSON, ANNE e VICTOR:
------------------------


Juntos mais uma vez.

Apesar que dificilmente vocês veriam se ela estivesse jogando catchup na própria mão segundo a embalagem naquele breu, Alisson se corta e levanta a mão de forma clara o bastante para acreditarem que é ela. Não seria dificil acreditar ja que 1- Vocês não a deixaram sozinha com Jessie nem 10 minutos 2- Ela tinha um anel de prata 3- Não faria muito sentido um metamorfo ir atrás dos caçadores ao invés de sair simplesmente...Andando pela porta?

Nem Victor é tão paranoico assim, especialmente destraido pelo "aroma" de trás daquela porta.

Alisson chegava a tempo de ver tudo, as fotos e subia as escadas devagar, olhando para tras como se evitando Kurt para conseguir ver se o mesmo vinha. Realmente Anne não mentia. Apesar que Arte...Ou ESSE TIPO de arte não ser exatamente sua especialidade, não chega a ser exatamente algo que você gostaria de ver exposto em uma galeria. É como se uma mulher de 80 anos tentasse focar pessoas com uma câmera de 0.1 megapixeis. Difícil encontrar uma foto que não esteja longe demais, borrada demais ou fora de foco.

Mas deve ser a menor das preocupações do momento.

Como um certo cadeado que Victor fazia em pedaços. Para Alisson o barulho ainda parece alto, mas vai saber o que as pessoas la embaixo podem estar fazendo. De qualquer maneira, por mais caro que alguns cadeados sejam não resistem a balas. O mesmo logo permite que você retire o que sobrou do mesmo, abrindo a porta e...

Tendo certeza do que tem de trás dela, juntamente com o cheiro. Para muitos poderia ser apenas uma...Gosma, algum resto de produto químico vencido, um bolor estranho, algo apodrecido, resto de animais mortos ou qualquer coisa do tipo.

Entretanto, não é a primeira vez que você encontra aquilo.

Você estava procurando "partes" de metamórfos Victor? Ai tem o bastante.

Após poucos segundos em que você tira aquela conclusão, se recompõe e apenas encosta a porta, afinal o cheiro se espalharia bem mais rápido com ela aberta alem da visão ser um pouco "desagradável" para as garotas, algo que vocês antes procuravam parece dar as caras.

Luz.

- O que esta havendo?

No lado oposto, um tanto afastado da entrada de vocês uma figura masculina parece observa-los com curiosidade.

Sem agressão, hostilidade. Apenas...Curiosidade e estranheza.

Anne e Victor não tem idéia de quem seria.

Mas você reconhece Kurt muito bem Alisson.

DEAN:
-----


Nada como encontrar seu caminho.

E de quebra, recuperar o controle de sua memória e corpo certo?

Bom, de volta a ação.

Burton não parece la muito reativo a nada do que você diz, tratando tudo com normalidade. Isso não parece nem um pouco estranho para você uma vez que acredita se tratar apenas de uma memória reprimida, sua consciência falando, algo que o velho deve ter feito no DVD e qualquer coisa do tipo.

Ja que o fantasma de Burton, ou ele estar vivo, isso sim seria loucura.

- Dean..Você esta confundindo as coisas de novo.
- Ele o interrompe fazendo que você pare de analisar o papel e olhe para ele. - O papel eu mostrei na gravação que deixei na cabana. você não chegou a te-lo em mãos.

Ao que ele fala isso, é como se sua memória fosse "corrigida". De fato, o mesmo desaparece por completo. Da mesma forma, o cabelo da atendente muda em uma fração de segundos e para alguem que sorria, agora ela parece nem notar que você existe. Burton entretanto parece sorrir satisfeito:

- Bem, parece que realmente sua mente esta se recuperando. - Ele larga o copo e respira fundo, pensando na suas perguntas finais: - Queria que fosse simples assim, mas eu não vou fazer mais drama. Tempo Dean, o que eu fiz não lhe da muito tempo para resolver então...Vamos simplificar:

Mesmo que você tente, ou queira perguntar o que ele quer dizer, o mesmo o atropela falando:

- Dopplegangers morrem como eu e você, nada anormal. Uma boa bala na cabeça da conta...- Burton parece lembrar de algo e sorrir com certa ironia. - Mas eles tem todas as memórias que aqueles que substituem, então não vai ser muito fácil. Eles são extremamente alérgicos a prata. Sabe, eu tenho livros sobre o assunto. Seria bom vasculharem aquela casa, especialmente um determinado fundo falso na estante da sala?

Logo tudo parece com névoa, borrado, da mesma forma que começou.

- Boa sorte Dean e...Até a próxima?

Antes que consiga entender porque a escolha das palavras, finalmente as coisas parecem entrar no lugar. Com você dentro do patio daquela casa aonde viu os demais entrarem Dean. Alias você parece bem perto da porta de tras da cozinha, que não parece trancada.

Mas algo esta diferente. Você sente que esta.

Sente-se mais...No controle.

Pronto para ajudar.

Com cautela, é claro. Nunca é demais.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 146
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Waya Victor Ka-e-te-nay em Ter Out 25, 2016 12:32 pm

Desculpe, Annie… Mas não havia tempo para enrolar ou mesmo manter o disfarce agora, infelizmente.

Achamos… E isso era realmente bizarro.

Aquela massa de pele, cabelos e gosma… Era a prova final que precisava.

Cerrou os olhos, conforme fechou a porta.

- É ele… Quando eles mudam de aparência eles deixam... isso para trás...- Sussurrou para Anne, conforme fechava a porta e respirava fundo.

Tinham um caso, afinal… Mas… Algo parecia fora do lugar, não?

Por que um metamorfo se arriscaria tanto, fazendo o covil dele em um hotel?

Não fazia sentido.

Mas ainda assim, estava lá, era inegável e incontestável.

A maldita gosma que eles deixavam para trás.

Onde estaria a vítima?

Morta?

Escondida em algum lugar?

A luz me dava resposta.

A reação era imediata.

Victor se virava e apontava para ele.

- Mãos na cabeça! Sem movimentos bruscos! - Victor falava em tom de voz alto, autoritário… Policial.

Conforme fazia alça de mira diretamente na cabeça do vagabundo.

Ao mesmo tempo, por estar com o celular na mão, fazia apenas um gesto com o polegar, para que a câmera fosse aberta.

E em ato contínuo, mirava o maldito.

Se ele fosse o metamorfo, apareceria claramente na câmera.

E… Sinceramente, não pensava em matá-lo.

Afinal, se ele estava ali, haviam pessoas desaparecidas… Que precisavam ser localizadas.

Ou pelo menos, de um enterro digno…. Ou melhor, de uma cremação digna.
avatar
Waya Victor Ka-e-te-nay

Mensagens : 88
Data de inscrição : 26/03/2015
Idade : 27
Cargo : Lobo quase Solitário

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Allison Reynolds em Ter Out 25, 2016 10:13 pm

Eu definitivamente não sou uma pessoa que entende de arte.

Eu entendo de nudes. Ok, talvez possa considerar isso um tipo de arte, mas...

Cara. Aquelas fotos eram muito estranhas. Não é possível alguém ter incentivado e falado "pendura isso no seu quarto amigo, vai ficar legal".

Não que aquela pessoa em questão tivesse qualquer senso estético.

Mas.. porque aquele infeliz colocava aquelas fotos desfocadas ali? Ele não sabia usar uma droga de uma câmera.

Estranho.

Mais estranho ainda era o cheiro que surgia no local quando Vic arrombava a porta.

Ew.

O cheiro era terrível, mas não era hora de bancar a mocinha, né Allie? Acho que você já viu coisa bem pior.

Não havia muito tempo para eles ficarem ali, já que logo Kurt acendia a luz, colocando em cheque qualquer tentativa deles de sair dali sem serem vistos.

Vic era o primeiro agir, apontando a arma e bancando o policial. Aliás.. Allie até que gostava quando ele fazia isso. HEHE.

Vendo que Kurt não parecia reagir ou disposto a atacá-los, mas colaborava, levando as mãos até a cabeça, Allison falaria com ele. Também estava com a arma em suas mãos, mas não apontava especificamente para ele. Naquele momento ela parecia ser o tira legal, Vic. Mas, era só porque Kurt parecia bem confuso.

- Seu nome é Kurt, não é? Meu nome é Aline, assim como eles, sou da polícia. Esse cheiro.. peculiar que vem por detrás daquela porta do seu.. ahn..  sótão nos trouxe até aqui. Espero que possa nos esclarecer isso. Bem como... - apontou para as fotos esquisitas na parede, porque aquele era um detalhe gritante demais para ignorar. - Do que se trata isso?
avatar
Allison Reynolds

Mensagens : 104
Data de inscrição : 25/03/2015
Cargo : Paranoica em desenvolvimento

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Annelisa Deveraux em Ter Out 25, 2016 10:29 pm

Enquanto aguardava a resposta do índio, assim como ele, apontou o celular na direção do armário, iluminando ainda mais o interior, e de novo... ela não era fresca, mas jamais vira algo do tipo. Era... asqueroso. Como já estava perto, não teria como Victor olhar sem que Annelisa não desse sequer uma bisbilhotada. E então, finalmente ele lhe respondia – São... restos – recordou-se das informações que encontrou no Google e as que Vic falou no carro, e a gosma que cobria os pedaços de... – Precisamos tirar esse cara daqui antes que ele machuque mais alguém.

E falando no dito-cujo...

Ele apertou o interruptor, clareando o local, e no tom mais despreocupado do mundo, como se o trio não estivesse invadindo a privacidade de seu aposento, o estranho os questionou. Sim, ela e Vic não tinham visto o sujeito antes, mas a provável reação de Allie o entregaria e, bem...

Estava meio óbvio, não?

Victor já apontava a arma na direção do rapaz e agia como um policial, mantendo o disfarce. Anne puxa a sua também, recheada pela munição de prata, e imita o caçador.

Se Vic era o tira grosso e a Allie a tira legal...

Sobrava para Annelisa ser a novata, como o índio falara para Jessie.

(Jordana...)

Allison seguia por uma linha mais passiva, tentando conversar com Kurt e colher alguma informação.

Mas...

A língua de Anne coçou.

Ah... já quebraram o cadeado mesmo!

- Encontramos restos no seu armário – ela falou de modo sério – Pedaços corporais, entre outras coisas que não deveriam estar ali dentro. Então, além da coleção de fotos estranhas, acho que terá que explicar sobre isso também.
avatar
Annelisa Deveraux

Mensagens : 96
Data de inscrição : 25/03/2015
Idade : 21
Cargo : Espécie Desconhecida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Dean Hartigan em Sex Out 28, 2016 10:36 am

O papo com Burton finalmente terminava... Era hora de voltar à ação.

Dean encontrava-se na porta da casa, munido de sua glock.22 e de muitas perguntas respondidas. Ele sabia que o seu grupo estava dentro da casa... ou ao menos pessoas parecidas com o seu grupo.

O policial entrou em silêncio novamente pela porta dos fundos. Passou observando os objetos que haviam ali e depois foi para a sala. Foi quando ouviu os sons das vozes de seus colegas em algum aposento.

Dean sacou a arma e tirou do pente uma das balas de prata, deixando-a na mão que apóia a coronha da arma. Ele foi até o local onde os colegas estavam apontando a arma para um sujeito. Dean chegou por trás de todos e apontou a arma para o grupo, por trás. Era bom que nenhum deles fizesse nada brusco. Dean era um policial veterano da SWAT de NY e instrutor de tiro. Acertar qualquer um ali poderia ser feito de olhos fechados. Foi bem na hora que Victor mandou aquela pessoa colocar as mãos atrás da cabeça.

KTCHUNK!!! *som de arma engatilhando

Dean: Na verdade, todos vocês coloquem as mãos para cima...

Dean estava num ângulo que poderia acertar qualquer um ali sem dificuldades.

Dean: Soltem as armas... eu não tô brincando!

Ele soltou a bala de prata no chão e a chutou na direção do centro daquelas pessoas.

Dean: Agora, vamos resolver essa parada... um por um... peguem aquela bala e segurem por 5 segundos na mão. Você primeiro... "Vic".

Seria bom que nenhum deles fizessem nenhuma besteira. Se algum deles fosse virar bruscamente, correr ou apontar algo para Dean, levaria um tiro em algum lugar não muito fatal... provavelmente no ombro. Era sério... Dean dispararia mesmo.

[OFF] Pessoal, desculpem, mas n posso offar. Não tenho como saber que vocês são vocês.
avatar
Dean Hartigan

Mensagens : 64
Data de inscrição : 30/07/2015
Cargo : Personal Stalker

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Admin em Seg Out 31, 2016 12:08 am

TODOS:
------

Juntos mais uma vez?

Pelo visto, não exatamente como desejavam.

Mas vamos colocar as coisas na devida ordem:

Victor não perde tempo em apontar a arma para Kurt que não demora para....Levantar os braços. Ele parece virar o rosto a sua filmagem, mas antes de que a suspeita faça seu dedo coçar o gatilho, parece ter sido apenas uma reação a luz de seu celular, ja que as filmagens do seu celular não mostram nada de muito errado com ele, apesar de você não estar la em condições la muito ideais.

Talvez de para tirar uma foto, e colocar junto na parede com as outras.

Ele logo, ainda piscando olhava para vocês, ouvindo a pergunta de Allison antes de gaguejar um pouco em resposta:

- O...Que? As Fotos? É Meu trabalho! Mostrar para os alunos os erros, questionar o que deveriam ter feito, apontar as falhas ja ouviu falar em "Aprender com os erros?". Vocês vieram me prender por causa de fotos ruins? Nossa eu tenho piores...


Pelo visto foi uma possibilidade que nem passou pela cabeça de vocês.

Quando Anne questiona sobre o armário, ele sim parece preocupado. Quase "esquecendo" de Victor e baixando os braços levemente.

- Vocês abriram aquela porta? Me disseram para não mexer ali, o que encontraram?

Antes que vocês respondam entretanto, são mais uma vez surpreendidos pelo inesperado a medida que Dean aparece mandando todos levantar os braços. Claro, vocês teriam um segundo ou dois para reagir se não fosse no instante exato que ele se direciona para Victor um grito, seguido do que deve ser um barulho de prato quebrando pode ser ouvido da direção oposta.

Distrações demais.

E alguém vai aproveita-las.

Victor, você conseguiria lidar com Kurt, e até com Dean, mas são elementos demais para analizar de uma vez só. Pode ainda meter uma bela bala na parede que não atinge o alvo, quando Kurt desaparece pela escada que subiu, que seria na verdade a outra entrada que usou para chegar ali. Ao mesmo tempo, o grito veio do lado oposto denuncia que algo aconteceu.

Então temos um lado com alguem em fuga, e do outro um grito com Dean no caminho.

Por favor, façam suas escolhas.

Vai ver o universo gosta de ver vocês se separando.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 146
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Allison Reynolds em Ter Nov 01, 2016 8:11 pm

Professor de fotografia? Sério?

Allie apenas olhava para Kurt, ainda sem acreditar muito naquela história.

Era impressionante que alguém gastasse papel para imprimir aquilo.

Mas.. o mais absurdo era o que ele dizia sobre a porta, Allison não tinha visto mas..  Anne dizia que eram restos de pessoas ali. Isso explicava o cheiro horrível. Ele dizia que alguém tinha dito para não abrir. Allie arqueava a sobrancelha com a resposta, tentando juntar os pontos...

- Espera... - tudo acontecia muito rápido. Dean entrando e apontando a arma para todos.

Dean, já parou para pensar que é uma via de mão dupla? Nós estarmos rendendo uma pessoa, ainda bancando os policiais, como ficava CLARO assim que você entrou aqui, o que eu acho que dificilmente um metamorfo faria.

Mas ainda assim, você aparece sem termos muita certeza de onde você estava.. Então, nada também garante que você é você.

Mas são pensamentos demais para pouco tempo de reação.  Allie parecia que ia baixar a arma, ao mesmo tempo em que Dean se voltava para testar Vic. Foi quando o barulho que por um instante fazia todos se distraírem, e Kurt  saía correndo pelo outro lado.

Allie lançava um rápido olhar na direção de Victor, esperava que ele entendesse. Porque o principal suspeito dessa merda toda ou ao menos quem poderia levá-los até o metamorfo estava escapando por entre os dedos deles e algo parecia ter acontecido lá embaixo, ou seja, eles não tinham tempo pra essa merda.

Por isso Allie apenas.... corria.

Pela escada, indo atrás de Kurt.

E torcendo para ser rápida o suficiente pro caso de Dean atirar tentando impedi-la.

Falaria alto o suficiente, ainda indo atrás de Kurt, para que ele pudesse a ouvir. Um tanto ofegante pelo fato de estar descendo as escadas tão rápido.

- QUEM... falou pra você não abrir... a porta... Kurt?
avatar
Allison Reynolds

Mensagens : 104
Data de inscrição : 25/03/2015
Cargo : Paranoica em desenvolvimento

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Waya Victor Ka-e-te-nay em Ter Nov 01, 2016 8:39 pm

Tudo acontecia rápido demais, e por não ser do tipo dedo mole, Victor optava por não atirar.

Apenas respondia a mira de Dean praticamente no mesmo momento em que ele entrava.

Victor era um caçador desde que se lembrava por gente… Atirar, mirar e saltar era tão natural quanto respirar.

A verdade é que custava acreditar que aquele era realmente Dean.

Afinal… Aquela abordagem era no mínimo uma burrice sem tamanho.

Ele era ou não era um policial treinado?

Tinha, ou não, estudado a respeito da criatura que eles caçavam?

Então como podia ser tão BURRO?

Metamorfos agem sozinhos, e não em bando… Ou seja, havia apenas um ali, se é que realmente existia um, já que não conseguiu testar Kurt.

Ainda que houvesse alguém infiltrado no grupo, rendendo um inocente… Era questão de tempo até ser descoberto. Seria muito mais inteligente simplesmente ajudar o grupo, e então testá-los com uma adaga… Como vinham fazendo o tempo todo.

O dia todo.

Mas, se Victor não era dedo mole, Dean com certeza o era.

Dedo mole e extremamente burro, independentemente do quanto de treino que possuía. Aparentemente, ser um policial tão treinado não havia lhe preparado para ser um bom caçador.

Por Victor, ele prestava no máximo para aplicar multas.

Ou era um maldito metamorfo. Apostaria a mão nisso? Nem fodendo, Dean já tinha dado orelhadas antes. Tinha ficado até com dó de monstros.

Queria até fazer acordo com eles.

Era ridículo!

Kurt corria.

O estrondo do lado de baixo.

O olhar de Allie.

E então Allie correndo.

Victor nem hesitava.

Caso Dean fizesse o mínimo, e quando digo mínimo, caso ele simplesmente desviasse o olhar dele em direção a Allie, Victor atiraria em sua testa.

Afinal, o que estava em jogo era a vida de Allie, a de Dean e a sua segurança.

E era o mesmo como comparar uma tonelada de metal, que seria Allie, um quilo de madeira, que seria sua segurança própria… E, com aquela atitude de Dean, uma pilha de bosta.

O que pesava mais, tinha mais importância, simples assim.

Sequer olhava para a bala que Dean havia jogado, e nada dizia.

Apenas mantinha-se atento.
avatar
Waya Victor Ka-e-te-nay

Mensagens : 88
Data de inscrição : 26/03/2015
Idade : 27
Cargo : Lobo quase Solitário

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Annelisa Deveraux em Ter Nov 01, 2016 11:15 pm

Até mesmo as reações brandas, complacentes... bem, elas eram suspeitas ao ver do trio. Pois a calmaria precede a tempestade, ao menos na opinião de Anne. Não que fosse uma pessoa negativa, mas algumas circunstâncias moldaram a forma de seus pensamentos atualmente. Circunstâncias passadas, mas que de certa maneira... ainda eram bastante presentes. É a vida, fazer o quê? Mas não fugindo do foco, continuava apontando a arma para Kurt enquanto aguardava maiores informações. E... Professor de fotografia? Hm.

Em qualquer outra ocasião, Anne até teria acreditado...

Mas não comenta nada, esperando que ele continuasse a falar.

A expressão surpresa e a reação mais “consistente” alertaram Annelisa. No entanto, a resposta... Nossa, nem a loira era tão péssima mentirosa assim. Ou o suspeito que era um tremendo idiota. Como, cooooomo, uma pessoa fica num ambiente na companhia ~confortável~ de um cheiro duvidoso – para dizer o mínimo - e ainda por cima com o aviso de “não abra essa porta” e mesmo assim... concorda sem maiores problemas?

Porque.não.faz.sentido.

Ou...

Porque era uma mentira.

Antes de novos questionamentos, e estes já estavam na ponta da língua, Dean invade o local e rende... todo o grupo. Anne arregalou os olhos pela súbita aparição... e também de como a mesma se sucedeu. Dean... não. Apenas não. Por longos segundos... espaço de tempo suficiente para o desenvolvimento das seguintes cenas, Anne sustentou a surpresa, porém mantendo a arma erguida e o olhar dividido entre Kurt e o policial.

Se não fosse pelo detalhe dele ter pego a bala e a jogado no meio do quarto... era mais fácil os três terem razões para testá-lo com a prata.

Diante da fuga de Kurt, Allie não hesitou em persegui-lo ao mesmo tempo em que Victor colocava Dean na mira, incerto se o policial atiraria ou não na tatuada.

Dois caminhos e nós somos um grupo de quatro de novo.

A matemática é bem simples.

Annelisa abaixa a arma e a coloca no chão e só então se aproxima da munição ignorada pelo índio, as mãos lá no alto. Por fim, segura a mesma e a joga de volta para Dean – Pronto, rapazes... Que tal mirarmos nossas armas para o verdadeiro inimigo agora, huh? Vic... – Anne olhou para amigo – Vá atrás da Allie, ok? Ela precisa de ajuda... Eu e o Dean iremos checar o motivo do grito.

Pegou a arma e agora ia na direção do policial, lhe dando um leve empurrão, o incentivando a agilizar conforme o ultrapassava para correr também.

Aliás...

Se o metamorfo seguiu para um determinado lado...

O que faria o outro gritar?
avatar
Annelisa Deveraux

Mensagens : 96
Data de inscrição : 25/03/2015
Idade : 21
Cargo : Espécie Desconhecida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Dean Hartigan em Qui Nov 03, 2016 11:34 am

Muito bem...

Vamos fingir que todos sabemos exatamente o que se passa na mente de cada um aqui... não, não fingiremos. Mas eu explicarei pra vocês...

Em primeiro lugar, Metamorfos não são burros. Pelo contrário... eles absorvem as memórias e maneirismos de qualquer um que copiem. Palavras minhas? Não... do velho que nos juntou.

Sendo assim, porque ele não amarraria um de vocês em um armário e tomaria a forma, andando junto dos outros. Tinha como vocês saberem disso? Acho que não... ao menos ah não ser que vocês tivessem alguma habilidade sobrenatural que todos aqui desconhecem... é, foi o que eu pensei.

A única maneira de saber disso é pegando a bala de prata... cujo a qual eu já peguei e isso me elimina como suspeito. Mas vocês...? Nenhum de vocês está eliminado como suspeito. E o pior deles, para mim é você, Victor...

Porque tudo começou quando você fez a coisa mais estranha de todas... algo que nunca faria: me chamou pra sair e beber. Assuma. Nós nunca fomos amigos e nunca seremos... você se sente ameaçado porque gostava de ser o "macho-alfa" do negócio... mas tá perdendo o seu tempo. Eu sou casado, tenho filhos... não tô nem um pouco interessado no que você quer.

Por esta razão, no momento, você é o meu maior suspeito. Por esta razão pedi que você pegasse a bala primeiro...

Mas então o tal do "Kurt" corre e Allie vai atrás dele. Sim, eu poderia atirar nela, não é? Era inclusive isso que um Metamorfo iria querer... eu atiro em Allie, você atira em mim e depois matar a Anne seria como um passeio no parque.

Sorry, pal... i'm not buying. Eu treinei a Allison... acho que ela é perfeitamente capaz de cuidar do que quer que seja que esteja acontecendo ali... e o grito...

Bem, vamos assumir. Ninguém aqui o estava esperando e ninguém aqui é de ferro, certo? Todo mundo desvia o olhar... mas isso não quer dizer que eu perco o meu foco.

E então, você faz a ação mais estúpida que poderia fazer: você resolve bancar o John Wayne comigo.

Pra mim, algo que deixa mais suspeito ainda... afinal... eu não fui atrás da Allie... significa que continuo com minhas suspeitas em você. Talvez se você fosse mais esperto, teria pego a bala rapidamente e dito "satisfeito"? Mas não... você quis continuar cantando de galo, fazer um bico pra mim e ficar me encarando... exatamente o que um Metamorfo faria se visse que alguém não tirou as suspeitas dele.

Então vamos lá... que vença o melhor. Afinal... se você é um metamorfo e age como um metamorfo... é matar ou morrer, certo?

Se Vic realmente fosse virar a arma e disparar, aquilo seria um "bang bang", pois Dean estava já com ele na mira e disposto a dar 3 ou 4 tiros...

Felizmente, Anne estava no meio, apaziguando. Então talvez nenhum deles fosse morrer ali.

Dean: E como você sabe que é a pessoa certa pra apontar a arma, Anne? Vocês têm alguma prova?

O olhar continuava fixo nos dois. Se o Metamorfo fosse um dos dois que correu, eles lidariam com ele depois.

Dean: Porque coisas bem estranhas têm acontecido comigo... e com o Burton...

Sim, o velho morto...

Dean: E tudo está apontando para que um da equipe é o Metamorfo. Eu já peguei na prata... e provei que não sou eu, mas e o resto de vocês?

Esse plano da Anne pode acabar nos matando, mas... foda-se. Se nenhum deles for o metamorfo, a Allie pode estar em grande perigo.
Confiar? Não confiar....?

DROGA!

Dean: Shit!

Ok... Dean baixa a arma, antes que um banho de sangue começasse ali. Iria com Anne, mas com a atenção triplicada à qualquer ação suspeita dela.

[FOI MAL MESMO, PESSOAL, MAS NÃO VOU OFFAR. NÃO TEM COMO NÃO SUSPEITAR DE UM DE VOCÊS!]
avatar
Dean Hartigan

Mensagens : 64
Data de inscrição : 30/07/2015
Cargo : Personal Stalker

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Admin em Seg Nov 07, 2016 11:04 pm

Tic. Tac. Tic. Tac.

Odeio ser o chato mas...Vocês não tem tempo para isso.

Querem ficar trocando acusações ou razões para mirar um no outro? A vontade.

Mas é inegável: Vocês estão perdendo tempo.

E para evitar que se torne algo mais do que uma perda de tempo, Anne parece disposta a acalmar vocês. Seria uma visão interessante se eles ao menos piscassem um para o outro enquanto trocam acusações e parecem prontos para puxar o gatilho. Fora que ei, você esta no meio deles, e convenhamos, você apostaria friamente que eles são mesmo quem dizem ser Ann?

Tem certeza?

Vic e Dean. Enquanto vocês estão em sua posição de velho oeste esperando quem vai ser o idiota o bastante para dar o próximo passo errado, a garota fala.

E...O que ela fala parece bem razoável.

Não para você Dean, ou para você Victor. Mas para ambos.

Alias, em um segundo momento vocês percebem que é quase como se REALMENTE fosse uma leve "sugestão".

Vocês não são obrigados a baixar as armas, mas a vontade é grande e por alguma razão as suspeitas...Passam.

Mas claro, vocês só vão entender isso mais tarde.

DEAN E ANNE:
-----------------

Quando vocês descem, algum tempo ja se passou. E bem...É Uma pensão, portas e portas, sem ter certeza para onde se deve correr.

Mas felizmente, pelo visto alguém realmente esta assustado:

- Alguem por favor? Alguém???

E agora vocês sabem de tras de que porta vem aquele grito abafado.

Agora é só decidir. Vão arrombar o quarto? Simplesmente bater nela?

Decisões, decisões.

VICTOR:
----------

É impossível não pensar no que acabou de acontecer, e nem estou falando de Dean apontando uma arma mas sim de Anne: Aquilo foi algo mais do que um "pedido", como se as palavras dela soassem dentro de sua...Mas bem, isso vai entrar na crescente lista de coisas que precisam ser resolvidas depois: Logo que você desce as escadas, se esperava ver Anne, teve uma visão bem ao contraria: Kurt jogado no chão. Aproximando-se com cuidado, abaixando-se devagar pode conferir que o coitado não tem muita sorte, e por mais idiota que seja simplesmente caiu das escadas.

Lugar bizarro, casa bizarra, acidentes bizarros.

Talvez mais estranho seja a ausência de Alisson.

Afinal, ela não pode ter simplesmente desaparecido pode?

A porta da rua esta aberta, ao contrário da porta oposta que leva mais para dentro da sala.

Então...Por onde Ali foi? E por onde vamos?

ALISSON:
--------------

Alisson, talvez você não seja especialista em perseguições, ou em perguntas adequadas

- Se afastem de mim, eu não quero problemas!

Ja ouviu falar que não deve se correr pelas escadas?

O movimento parece em câmera lenta, como nos filmes, enquanto Kurt cai em um angulo estranho parecendo um boneco de porcelana. Você sequer precisaria checar os batimentos dele para saber o resultado. Você poderia ficar até amanha refletindo sobre aquilo, mas existem coisas mais importantes no momento.

Como um metamorfo.

Suas pernas andam quase que automaticamente, a conversa com Dean sobre luta foi muito alem de como quebrar a cara dos outros. Prestar atenção ao ambiente ao redor, ouvir, se aproximar. Talvez pudesse ter sua série de romances investigativos, ja que ja esta quase que diante de seu objetivo na hora que lembra dos demais. Victor e os demais vão entender, não pode deixar que isso acabe assim, é preciso resolver o misterio

O som abafado de batidas insistentes bem a sua frente.

Alguém preso, alguém querendo sair.

Um ultimo instante, uma ultima excitação antes de abrir.

Afinal você vai querer estar preparada.

Ja que é hora de ter a resposta que procuravam...
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 146
Data de inscrição : 24/03/2015
Cargo : Vilão em tempo Integral

Ver perfil do usuário http://theaftermatch.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Allison Reynolds em Qua Nov 09, 2016 11:57 pm

Olha, podem não ser adequadas, mas ao menos eu estou fazendo as perguntas.

Allison apenas corria, seguindo o provável metamorfo, descendo as escadas. Até que.. ouvia o barulho dele caindo.

- Kurt!

Ele caía? Não, ele se quebrava todo, rolando pela escada. Allie então parava, vendo o ângulo estranho em que ele estava jogado, obviamente o resultado da queda trazia um sentimento à tona para a tatuada que poderia ser definido em uma palavra.

- ... putaqueopariu.

Eu... meio que matei ele ou ele se matou sozinho? Porque se eu não estivesse o perseguindo, ele não teria caído e...

Porra Allie, não agora. Algo está errado aqui e você precisa descobrir.

Foco. Depois você pode se afogar num mar de culpa e autopiedade.

Ela apenas seguia caminhando, até que ouvia um barulho. Ia em direção a porta.

Hesitava um instante antes de abrir.

- Vic? Anne? - falava, olhando para trás, tentando ver se eles não haviam descido, mas se dava conta que estava sozinha ali. Será que estavam bem? Teriam conseguido lidar com Dean os acusando de serem metamorfos? Porque Dean não atirou nela, afinal?

A resposta, do motivo pelo qual sua versão do futuro e a versão do futuro de Anne tinham os levado até aquela casa, talvez estivesse bem ali, atrás dessa porta.

Allie apenas pegava a arma, a mantendo apontada para a porta. E tal qual como a Velma, antes de tirar a máscara do fantasma, e descobrir que era só o Sr Thompson fantasiado tentando assustar os inquilinos, ela colocava a outra mão na maçaneta e girava, abrindo aquela droga de porta.

EM BUSCA DA VERDADE, MOTHERFUCKERS.
avatar
Allison Reynolds

Mensagens : 104
Data de inscrição : 25/03/2015
Cargo : Paranoica em desenvolvimento

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Waya Victor Ka-e-te-nay em Qui Nov 10, 2016 12:52 am

Motivos, pensamentos… Sinceramente, isso não importava.

Tudo o que Victor queria era a segurança das meninas, e se tivesse que pagar um alto preço, matando ou morrendo por isso, não ligava.

Por isso ele não mudava nem um pouco sua postura.

Se Dean entrou disposto a matá-los, ele também o mataria.

Ainda que morrer por causa de uma idiotice do policial não fosse exatamente o final de história que ele imaginava para si.

Mas Dean, assim como Allie e Anne, era uma herança maldita de Burton, não uma família.

E que, sinceramente, a cada segundo ele tinha mais vontade de dar as costas e seguir sua vida.

Ser caçador não era para qualquer um. Não era para as garotas. E definitivamente, não era pra quem tinha família.

Porque Victor sabia bem o que acontecia, esse final ele já conhecia.

De qualquer modo, realmente não importava, as cartas estavam na mesa, Dean, faça sua jogada.

Se você entrou tão disposto assim a matar qualquer um ali, por que hesita?

Talvez você não seja tão burro quanto parecia.

Anne intervinha, para desespero de Victor, que nada dizia.

Hesitava, sim, em baixar a arma.

Lutava contra aquela vontade alheia que o dominava.

Em sua hesitação, Anna e Dean corriam, em direção ao estrondo, deixando Victor preocupado com a segurança da garota… Que mais uma vez, demonstrava não ser exatamente uma garotinha.

Afinal… Aquilo não foi nem um pouco natural.

Estava muito mais para sobrenatural.

Victor não baixaria a guarda, e manteria sim, sua postura de “John Wayne”, até não ter mais ninguém a sua frente.

Sem hesitar, corria na direção oposta, por onde Allie havia desaparecido.Torcendo para que Anne pudesse cuidar de si mesma, afinal as suspeitas que tinha foram amenizadas de algum modo por Anne, e assim, não via Dean como ameaça.

O que, de um modo estranho, só o irritava.

Desceu as escadas o mais rápido que pode.

Mas deu de cara com Kurt aparentemente morto.

Rapidamente se curvou, sentindo seu pulso, por mais inútil que isso fosse.

Com a luz do celular, apenas checou seus olhos, para ter certeza se haveria o brilho característico dos metamorfos.

Em seguida se levantou, preocupado… Cerrando os olhos, seguindo em direção a rua, mantendo-se atento ao seu redor.

- ALLIE!? - Gritou, na esperança de que ela o ouvisse.

O elemento surpresa, há muito, já havia se perdido.
avatar
Waya Victor Ka-e-te-nay

Mensagens : 88
Data de inscrição : 26/03/2015
Idade : 27
Cargo : Lobo quase Solitário

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Annelisa Deveraux em Seg Nov 14, 2016 4:31 pm

Antes de descer as escadas, ela deu uma súbita parada e encarou Dean por cima do ombro e a expressão não era ameaçadora ou aborrecida. Na verdade... um tanto compreensiva. Achava sim que a primeira atitude do policial fora equivocada, porém mais tarde, todos teriam tempo para conversar... certo? Mas então, lembrou-se do encontrou com a Allie 2 e Anne 2 e que Dean...

Bem, aparentemente não existia um Dean 2, sabe... lá no futuro. Na verdade, as meninas nem o conheciam.

- Eu não sei qual é a pessoa certa para apontar a arma, Dean, mas tenho certeza absoluta que "nós" não nos encaixamos nesta categoria... - suspirou - Coisas estranhas têm acontecido com a gente também...

E ninguém apontou a arma para você - com a exceção de Vic, mas por motivos meio óbvios. De toda a forma, ela não estava o acusando, nem nada do tipo. Annelisa já tinha uma lista de erros para se preocupar. Quanto ao Burton... - Parece que ele não desapega, né? - mostrou um sorriso de canto, triste, e aproveitou para lançar uma última olhada na direção do índio - Eu segurei a bala, já mostrei que não sou uma metamorfa e o Vic estava comigo o tempo inteiro. Infelizmente, você só tem a minha palavra para confiar e espero que seja o suficiente, Dean. Porque estamos com pressa.

Por fim, ela desce os degraus.

Quanto ao fato de confiar se eram mesmo eles ou não...

Teria que arriscar.

[...]

Eles chegam numa espécie de corredor com várias e várias e várias portas. E a questão das horas volta a assombrar Anne, porque se fossem olhar uma por uma... Fala sério. Então, como um grito vindo do além - literalmente ou não -, ambos escutam alguém pedindo socorro. Anne encara Dean e indica a origem da voz com um gesto breve da cabeça. E logo caminha na direção da porta e tenta girar a maçaneta, mas... claro que estaria trancada - Olá??? Nós viemos ajudar! O que está acontecendo? - olhou para o policial e... o jeito era arrombar a porta - Eu te dou cobertura... - sussurrou para ele enquanto apontava a arma.

Claro que Dean tinha o direito de fazer uma sugestão diferente.

E Annelisa estava disposta a escutar qualquer alternativa mais efetiva.
avatar
Annelisa Deveraux

Mensagens : 96
Data de inscrição : 25/03/2015
Idade : 21
Cargo : Espécie Desconhecida

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [01 x 04] - Causa e Consequência

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum